Futebol No último lance, Bragantino vence Flamengo por 3 a 2 no Maracanã

No último lance, Bragantino vence Flamengo por 3 a 2 no Maracanã

Paulistas saem na frente com gol de chaleira, sofrem virada de bicicleta, mas viram aos 52 minutos do 2º tempo neste sábado (19)

  • Futebol | Cesar Sacheto, do R7

Jogadores do Bragantino comemoram virada história sobre o Fla, no Maracanã

Jogadores do Bragantino comemoram virada história sobre o Fla, no Maracanã

ALEXANDRE BRUM/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDO - 19.6.2021

Em um jogo de muita movimentação e marcado por golaços e duas viradas, na noite deste sábado (19), no Maracanã, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, o Bragantino venceu o Flamengo por 3 a 2.

A equipe rubro-negra sofreu o primeiro gol na competição, marcado em uma bela chaleira por Aderlan, virou o placar com uma linda bicicleta de Rodrigo Muniz, mas viu o time paulista reagir e dar números finais à partida com um gol aos 52 minutos do segundo tempo.

O clube rubro-negro carioca também encara a primeira derrota e vê quebrada uma invencibilidade de 16 jogos na temporada. Com seis pontos, o ocupa a nona colocação. Já o Bragantino pulou para a liderança provisória da competição, agora com 11 pontos.

O jogo

O primeiro tempo já revelava que a partida seria de muita movimentação. O time da casa procurou impor o seu ritmo, mas a equipe de Bragança Paulista também demonstrava qualidade.

A primeira grande jogada ofensiva da partida criada pelo Bragantino. Aos 9 minutos, Helinho dominou no bico esquerdo da área, cortou para dentro e chutou firme. Diego Alves voou para fazer uma grande defesa e salvar o Flamengo de levar

Mas, pouco depois, o time paulista mostrou a sua força e abriu o placar em pleno Maracanã. Aos 11, Aderlan desviou — de chaleira — uma cobrança de falta da direita para supreender o goleiro rubro-negro: 1 a 0. Dois minutos depois, Aderlan quase fez um segundo golaço ao desviar uma bola de letra e acerta a trave de Diego Alves.

Porém, aos 14 minutos, foi a vez do goleiro Cleiton brilhar. Após um erro na saída de bola do Bragantino, a bola sobra Rodrigo Muniz disparar uma bomba, mas o camisa 18 do Bragantino desviou para a linha de fundo.

No entanto, o Fla continuou a pressionar o adversário e o próprio Rodrigo Muniz seria o autor do empate da equipe rubro-negra. Aos 26 minutos, o atacante estava desmarcado quando desviou a bola depois de um péssimo chute de Michael para balançar as redes do Bragantino.

Muniz foi um dos grandes destaques do Fla na primeira etapa. Aoso 35, o atacante chutou de fora da área e obrigou o goleiro Cleiton desviar com a ponta dos dedos para evitar a virada. No minuto seguinte, ele aproveitou dominou quase na pequena área, após cobrança de escanteio, e bateu firme, mas a bola subiu demais.

Após o empate, o Flamengo já monopolizava a posse de bola e buscava sufocar o time paulista que, por sua vez, tentava explorar os contra-ataques e as bolas paradas.

Muniz inspirado

Os primeiros minutos do segundo tempo não foram diferentes do que se viu na etapa inicial. O time carioca dominava a posse de bola para virar o jogo. Já o Bragantino seguia na estratégia de aproveitar uma possível falha do adversário.

Rodrigo Muniz, do Fla, marca de bicicleta seu 2º gol diante do Bragantino

Rodrigo Muniz, do Fla, marca de bicicleta seu 2º gol diante do Bragantino

MAGA JR/O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDO - 19/06/2021

Porém, Rodrigo Muniz apareceu novamente para levar perigo à defesa do Bragantino. Aos 14 minutos, após lançamento da esquerda, o atacante surgiu na pequena área e cabeceou firme. Mas o goleiro Cleiton encaixou a bola com segurança.

Pouco depois, aos 18 minutos, Matheuzinho cruzou da direita e o inspirado Rodrigo Muniz emendou de bicicleta para fazer um golaço e virar o placar.

Entretanto, quanto o mais provável seria ver o Flamengo deslanchar na partida, o Bragantino reagiu. Aos 23 minutos, após uma bate-rebate na grande área, Eric Ramires aproveitou uma bola desviada para cabecear no contrapé de Diego Alves e empatar a partida: 2 a 2.

Virada surpreendente

Já nos minutos finais, aos 44, o atacante Bruno Henrique teve a chance de dar a vitória ao Fla. Após cobrança de escanteio, o atacante cabeceou quase na pequena área, mas a bola subiu demais.

O Bragantino passou a administrar o resultado que considerava positivo naquele momento. Mas, aos 52 minutos, no último lance do jogo, a equipe paulista disparou em um contra-ataque mortal e chegou à vitória com um gol de Chrigor — que havia entrado em campo somente aos 37 minutos do segundo tempo.

Próximos jogos

Na próxima quarta-feira (23), o Flamengo volta a campo pelo Campeonato Brasileiro para enfrentar o Fortaleza, atual líder da competição. A partida está marcada para às 19h, no Maracanã. No mesmo dia e horário, o Bragantino receberá o Palmeiras. Ambos os jogos são válidos pela sexta rodada do Brasileirão. 

FLAMENGO 2 X 3 BRAGANTINO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ).
Data e hora: 19/06/2021, às 21h (horário de Brasília).
Árbitro: Braulio da Silva Machado (Fifa/SC).
Auxiliares: Henrique Neu Ribeiro e Thiaggo Americano Labes.
Cartões amarelos: Bruno Henrique, Willian Arão (Flamengo), Aderlan, Artur e Lucas Evangelista (Bragantino).
Gols: Aderlan, aos 11, Rodrigo Muniz, aos 26 do 1º tempo e aos 18 do 2º tempo, Eric Ramires, aos 23, Chrigor, aos 52 do 2º tempo.
FLAMENGO: Diego Alves; Matheuzinho, Willian Arão, Rodrigo Caio e Felipe Luís; Diego, Gerson, Vitinho e Michael (Max, aos 26 do 2º tempo); Bruno Henrique e Rodrigo Muniz. Técnico: Rogério Ceni.
RB BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Weverson (Natan, aos 37 do 2º tempo); Raul, Lucas Evangelista e Eric Ramires (Edimar, aos 31 do 2º tempo); Artur, Ytalo (Chrigor, aos 37 do 2º tempo) e Helinho. Técnico: Maurício Barbieri.

Eurocopa: veja as melhores imagens dos jogos deste sábado (19)

Últimas