Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

No Allianz e com o time reserva, Athletico-PR faz 2 a 0 no Palmeiras

Verdão foi superado pelos os paranaenses com um gol em cada tempo da partida; Alviverde ainda lidera com 29 pontos o Brasileiro

Futebol|Do Live Futebol BR

Canobbio e Zé Rafael disputam a bola na vitória do Furacão sobre o Palmeiras pelo Brasileirão
Canobbio e Zé Rafael disputam a bola na vitória do Furacão sobre o Palmeiras pelo Brasileirão Canobbio e Zé Rafael disputam a bola na vitória do Furacão sobre o Palmeiras pelo Brasileirão

O Palmeiras entrou em campo com mais uma oportunidade de ampliar a vantagem sobre o segundo colocado no Brasileirão, mas desperdiçou outra vez. O Verdão recebeu o Athletico-PR na noite deste sábado (02), no Allianz Parque, e perdeu por 2 a 0 o duelo pela 15ª rodada do torneio nacional, estacionando nos 29 pontos.

Os gols do Furacão foram de Vitor Roque e Vitor Bueno, que fechou a conta de pênalti. O Alviverde perdeu a invencibilidade na competição que já durava 13 jogos diante de 39.192 pessoas em sua casa.

O resultado deixou o Palmeiras com somente dois pontos de vantagem para o próprio Athletico-PR e também para o para o Atlético-MG.

Próximos jogos

O Palmeiras volta os olhos para a Libertadores, onde já tem uma vaga encaminhada para as quartas de final após vencer o Cerro Porteño no jogo de ida das oitavas, por 3 a 0, no Paraguai. A volta será no Allianz, às 19h15 da próxima quarta-feira (6).

O Athletico-PR também joga pela competição sul-americana, só que um dia antes, às 21h30, contra o Libertad (Paraguai), no estádio Nicolás Leoz. No primeiro duelo, vitória por 2 a 1.

O jogo

Logo aos 3 minutos, o Palmeiras colocou em risco a defesa curitibana. Após uma enfiada de bola de Dudu, Rony ajeitou para Raphael Veiga, mas o meia pegou mal na bola e ela saiu pelo lado do gol.

Aos 7', de novo Veiga. Depois de uma tabela entre Gustavo Gómez e Mayke, o lateral-direito cruzou na área e o meia cabeceou por cima da meta defendida por Bento.

Aos 16', o Athletico-PR apareceu no ataque. Em um contragolpe rápido armado por Vitor Bueno e Canobbio, Vitor Roque recebeu na grande área e finalizou para a defesa de Weverton.

Aos 25', um lançamento de Zé Rafael no peito de Dudu, fez o camisa 7 ajeitar de primeira para Raphael Veiga, que chutou na rede pelo lado de fora e enganando os torcedores no estádio que até gritaram gol em alguns setores.

Aos 36', o Furacão abriu o placar. Em cruzamento de Abner, o atacante Rômulo ajeitou de cabeça e Vitor Roque completou para o gol, sem chances para o arqueiro palmeirense. Sete minutos depois, Dudu limpou o lance na entrada da área e chutou tirando tinta da trave.

Leia também

Segundo tempo

Precisando tirar o prejuízo do placar, o Palmeiras logo se atirou ao ataque e aos 3' teve a primeira oportunidade. Dudu recebeu na ponta esquerda, fez a fila na defesa do Athletico-PR, mas não pegou forte na hora da finalização.

Aos 9', em contra-ataque armado com o erro de passe de Zé Rafael, Rômulo finalizou para o gol e Piquerez bloqueou o chute com a mão. O VAR (árbitro de vídeo) solicitou a revisão do lance e o juiz marcou o pênalti. Vitor Bueno cobrou e fez 2 a 0 no jogo.

Aos 20', Gustavo Scarpa tabelou com Gabriel Veron e finalizou colocado de fora da área, mas a bola saiu pelo lado. Seis minutos depois, o Athletico-PR avançou pelo lado direito e o meia Erick chutou para fora.

Aos 32', o Palmeiras teve duas oportunidades seguidas para diminuir o resultado. Primeiro com Dudu e depois com Gabriel Menino. Ambos foram impedidos por Bento. Dois minutos depois, Gabriel Veron chutou para fora um lance cara a cara com o goleiro adversário.

Aos 49', Garcia, que havia substituído Mayke, cruzou com desvio para área e a bola pegou na trave. Sem tempo para mais nada, o Verdão tropeçou mais uma vez em casa e perdeu a chance de abrir diferença sobre os rivais.

FICHA TÉCNICA

Palmeiras 0 x 2 Athletico-PR

Local: Allianz Parque, São Paulo

Data e hora: sábado (02/07), às 21h

Público e Renda: 39.192 / R$ 2.320.330,60

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)

Auxiliares: Alex dos Santos e Thiaggo Americano Labes (ambos SC)

Quarto árbitro: Vinicius Furlan (SP)

VAR: Wagner Reway (PB)

Cartões amarelo: Pedro Henrique, aos 38' 1º/T e Abner, aos 44' 1º/T (Athletico-PR); Piquerez, aos 11' 2ºT (Athletico-PR)

Cartão vermelho: Gabriel Menino, aos 45' 2º/T (Palmeiras)

Gols: Vitor Roque, aos 36' 1º/T e Vitor Bueno, de pênalti, aos, 12' 2º/T (Athletico-PR)

PALMEIRAS: Weverton; Murilo, Gustavo Gómez e Piquerez; Mayke (Garcia), Danilo (Gabriel Menino), Zé Rafael (Gabriel Veron), Gustavo Scarpa e Raphael Veiga (Atuesta); Dudu e Rony (Navarro). Técnico: Abel Ferreira.

ATHLETICO-PR: Bento; Orejuela, Matheus Felipe, Pedro Henrique, Abner; Hugo Moura (Léo Cittadini), Vitor Bueno (Christian) e Erick; Rômulo (Marcelo Cirino), Canobbio (Pedrinho) e Vitor Roque (Terans). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Saiba quais inovações as Copas do Mundo já trouxeram ao futebol

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.