Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Neymar pede para deixar o PSG até o fim do mês, diz jornal francês

Camisa 10 se reuniu com direção do clube e comunicou sua vontade

Futebol|Do R7, com Jogada 10


Neymar quer voltar para o Bacelona
Neymar quer voltar para o Bacelona

Uma bomba vinda da França agitou o noticiário do mercado da bola nesta segunda-feira. Segundo o jornal L’Équipe, o atacante Neymar não quer continuar no Paris Saint-Germain e pediu para deixar o clube ainda nesta janela de transferências. O prazo para contratações vai até o fim do mês.

De acordo com a imprensa francesa, o camisa 10 está "determinado" a sair e se reuniu com a direção do PSG, neste domingo (6), e comunicou o desejo. O atacante, que esteve pessoalmente com o presidente Nasser Al-Khelaïfi para tratar do assunto, tem o desejo de voltar para o Barcelona. O clube espanhol, porém, não se anima muito com a possibilidade.

"Dois dias depois de pisar em solo francês, Neymar reuniu sua família e seu empresário, Pini Zahavi, em sua mansão. Todos chegaram ao acordo que a página do PSG precisa ser virada, de uma vez por todas", escreveu o jornal.

O L’Équipe informa ainda que Neymar está "traumatizado" com as críticas exageradas de parte da torcida do PSG. Em maio, ultras, que são uma espécie de torcedores organizados, foram até a casa do brasileiro e protestaram em frente. Com gritos e xingamentos, eles pediram a saída do camisa 10.

Publicidade

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

"O episódio dos ultras traumatizou Neymar. Além disso, ele acredita que o clube não protege seus jogadores de forma suficiente dos problemas externos. Ele se sente exposto de uma maneira que nunca ocorreu quando ele estava no Barcelona", afirma o L'Équipe.

Nos últimos dias, Neymar viajou para Ibiza, na Espanha, onde aproveitou momentos de folga do PSG. O pai do atacante, que é um dos empresários do atleta, compartilhou nas redes sociais uma foto com o agente Pini Zahavi. O israelense de 79 anos ajudou na transferência do Barcelona para o Paris Saint-Germain, em 2017.

Publicidade

Um dos impasses para o retorno de Neymar também é a indiferença de Xavi, atual técnico do Barcelona. Em entrevistas, o ex-jogador afirma que o atacante não está em seus planos. Apesar de gostar do ex-companheiro de clube, o técnico acha que a presença do camisa 10 pode acabar com o clima de família construído pela equipe. 

A informação, divulgada pelo jornal catalão Mundo Desportivo, é que as polêmicas que perseguem Neymar são uma bomba-relógio. Portanto, a Comissão Técnica prefere manter o grupo unido e não arriscar possíveis desavenças.

Além do mais, Xavi tem outras prioridades: um lateral-direito e um meio-campista. Mesmo com a saída de Dembélé, Neymar não tem o perfil que agrada ao técnico. Outra implicância é que o craque brasileiro teria de aceitar um salário muito menor (praticamente a metade) do que recebe no time francês.

Neymar está na França desde o segundo semestre de 2017 e tem contrato até junho de 2027. Em 2021, ele renovou seu vínculo até 2025, mas, no ano passado, o camisa 10 acionou uma cláusula que estendia o acordo por mais dois anos.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Neymar curte mansão em Ibiza ao lado dos parças e chama atenção por frase em camiseta

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.