Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Neymar ignora treta com Piovani, fala de volta ao Santos e exalta Vini Jr.: tudo que rolou no leilão

O jogador do Al-Hilal reforçou o desejo de voltar ao time paulista, mas não antes de 2025, quando termina seu contrato

Futebol|João Pedro Benedetti, do R7*


Pai de Davi Lucca e Mavie, Neymar Jr. esteve no Clube Monte Líbano para a quarta edição do leilão de seu Instituo Fotos: Eduardo Martins / Brazil News

Maior artilheiro da história da seleção brasileira, Neymar Jr. não tocou no nome de Luana Piovani, mas fez questão de homenagear as vítimas das enchentes no Rio Grande no Sul na quarta edição do leilão beneficente do instituto que leva seu nome, que aconteceu na noite desta segunda-feira (3), em São Paulo.

O atleta, que mandou seu avião particular para ajudar nas cidades afetadas, chegou ao evento usando um lenço estampado com a bandeira do estado. “É uma homenagem ao Rio Grande do Sul, que vem enfrentando um momento muito triste. Nós esperamos que tudo fique bem o mais rápido possível e oramos por isso”, afirmou Neymar ao R7, nos bastidores do leilão.

Já no fim do evento, que levantou R$ 21 milhões, a maior arrecadação desde a primeira edição, realizada em 2017, o ex-jogador do Barcelona anunciou que destinaria o mesmo valor como doação às vítimas da catástrofe ambiental.

Publicidade

Questionado pela reportagem sobre a possibilidade de voltar em breve ao Santos, clube que o revelou — Neymar esteve em três jogos do time recentemente —, o craque afirmou que deve cumprir o seu contrato com o Al-Hilal, ao menos até o final da próxima temporada, em 2025.

Mas reforçou que se aposentar na Vila é um desejo seu.

Publicidade

“Óbvio que o Santos é meu time do coração e espero voltar um dia… Mas não tem nada planejado. Tenho mais um ano de contrato com o Al-Hilal, espero fazer uma grande temporada. Infelizmente, fiquei fora dessa última.”

Ney se recupera há sete meses de lesões no ligamento cruzado anterior e no menisco e também ficará de fora da Copa América. Ele aproveitou ainda para declarar apoio a Vini Jr, campeão e eleito melhor jogador desta temporada da Champions League, além de ser o único brasileiro na disputa pela Bola de Ouro.

Publicidade

“Obviamente a Bola de Ouro é dele. Mandei mensagem antes do jogo [final da Champions], no pós-jogo, estou na torcida. É um menino que eu amo de paixão. Grande amigo que o futebol me deu. Com certeza, será coroado com este prêmio. Ele está incrível, carregando a bandeira do nosso país ao redor do mundo”, enalteceu Neymar.

Entre os itens do leilão, estavam preciosidades como a camisa do último jogo profissional de Pelé, pelo Cosmos, em 1977, uma chuteira de ouro autografada por Neymar e ainda a oportunidade de jogar uma partida de tênis com Ronaldo Fenômeno.

*Sob supervisão de Vivian Masutti


Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.