Futebol Neymar e Mbappé estariam vivendo sob clima de tensão no PSG

Neymar e Mbappé estariam vivendo sob clima de tensão no PSG

De acordo com jornal francês, distância aumentou nos últimos meses por conta das discussões internas entre os jogadores

Agência Estado - Esportes
Relação entre Mbappé e Neymar já não era das melhores nos últimos anos

Relação entre Mbappé e Neymar já não era das melhores nos últimos anos

REUTERS/Christian Hartmann

A relação conturbada entre Neymar e Mbappé continua como pauta no Paris Saint-Germain e na imprensa europeia. O jornal francês L'Équipe destacou na última quinta-feira (29) esse novo momento nos bastidores do clube, após a renovação de contrato do camisa 7 e a permanência do brasileiro no elenco.

De acordo com o periódico esportivo, os dois atacantes vivem um clima de tensão, que a diretoria do PSG tenta aliviar nos bastidores.

Quando chegaram ao PSG, ainda em 2017, os craques tinham uma relação muito próxima. Quando perguntado, Mbappé afirmava que o camisa 10 da seleção brasileira era um de seus ídolos no esporte. Anos se passaram e a amizade entre as duas principais estrelas da companhia estremeceu. De acordo com o jornal francês, a distância aumentou nos últimos meses por conta das discussões internas entre os jogadores.

Mbappé renovou seu contrato com o PSG antes do início desta temporada. Além de um salário milionário, o atacante passou a ter poder de decisão sobre as vendas e contratações do clube. Segundo o L'Équipe, Mbappé não pediu que Neymar fosse vendido, mas não se opôs a uma possível transferência do camisa 10 na última janela internacional.

Ao mesmo tempo, Neymar não aceita o novo status de Mbappé como um "segundo dono" da equipe. Uma amostra dessa tensão foi o "penaltygate" na partida entre Montpellier e PSG, em agosto. O camisa 7 foi designado como primeiro batedor de pênaltis naquela partida e desperdiçou sua cobrança. Em uma segunda oportunidade, o brasileiro tomou a bola para cobrar a penalidade máxima, a contragosto de Mbappé. A discussão entre os jogadores dentro de campo resultou em conversas e reuniões com a diretoria nos bastidores.

Apesar disso, os atletas evitam conflitos. Dentro de campo, mostram entrosamento e comemoram os gols com normalidade — Mbappé já marcou dez vezes nesta temporada, enquanto Neymar anotou 11 gols e deu oito assistências. De acordo com a imprensa francesa, a relação entre os atletas é fria: Mbappé evita um confronto direto, especialmente após Neymar ter curtido publicações com críticas ao francês em relação ao "penaltygate".

Durante a última data Fifa, tanto Neymar quanto Mbappé afirmaram em entrevista que já não se sentem tão confortáveis no PSG como antes. O camisa 7 disse que se sente mais livre na seleção francesa, enquanto Neymar deixou a zona mista da seleção brasileira ao ser perguntado sobre seu companheiro de clube.

Por fim, o L'Équipe garante que, pelo sonho de conquistar a Liga dos Campeões pelo PSG e com a Copa do Mundo próxima, os jogadores tentam manter uma boa convivência no dia a dia — o que não se traduz em amizade.

Messi decide vender apartamento gigantesco em Miami por R$ 38 milhões

Últimas