Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Nenê brilha em São Januário, e Vasco bate o Brusque pela Série B

Meio-campista cruzmaltino comandou as ações ao longo da partida e marcou nas duas etapas contra os catarinenses

Futebol|Do Live Futebol BR


Nenê abriu o placar para o Vasco em São Januário
Nenê abriu o placar para o Vasco em São Januário

Na noite desta quinta-feira (26), no estádio São Januário com mais de 18 mil torcedores, em partida válida pela nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Vasco venceu o Brusque pelo placar de 2 a 0 e se confirmou no G-4. Os gols da partida foram marcados pelo meia Nenê.

Apoiado por gigante torcida, o Cruzmaltino foi em busca da manutenção de sua invencibilidade na Série B e jogou para isso. Tendo pela primeira vez a dupla Palacios e Nenê em campo na competição, o time comandado por Zé Ricardo controlou as ações, correu alguns riscos, mas fez valer o mando de campo.

Leia também

Jogando pela segunda vez sob o comando do jovem técnico Luan Carlos, de 30 anos, a equipe catarinense, por seu lado, jogava em cima dos erros do Gigante da Colina e levou mais perigo na primeira etapa.

Primeiro logo com um minuto de partida, em conclusão de Todinho, e depois no meio da segunda etapa, com Alex Sandro, que finalizou para fora sem marcação na entrada da pequena área. Depois disso, o Gigante da Colina encontrou o caminho para abrir o placar.

Publicidade

Após longo hiato sem chances claras de gol, aos 40 minutos, Raniel disputou bola na área e Nenê apareceu livre para completar para o fundo da rede em São Januário. O goleiro Jordan nada pôde fazer. O tento anotado deu fim aos lances relevantes na primeira parte do jogo.

Na volta para o segundo tempo, o Vasco se postou um pouco mais em seu campo defensivo e sofreu grande pressão nos minutos iniciais, com o Brusque encontrando espaços pelos lados do gramado. À medida que a equipe catarinense ocupava o campo de ataque, os espaços apareceram e o Cruzmaltino chegou ao segundo gol.

Publicidade

Aos 16 minutos, Getúlio recebeu belo passe de Edimar em profundidade e rolou para trás. O atacante encontrou Nenê, na entrada da área, que bateu colocado no canto esquerdo do arqueiro do Brusque. O impedimento foi marcado em campo, mas o VAR confirmou posição legal no início do lance. O segundo do camisa 10.

O tento anotado na segunda etapa quebrou o ritmo do Brusque, que sentiu o golpe e deixou de pressionar. A equipe catarinense mostrava não ter forças para correr pelo resultado, que se confirmou em 2 a 0 para o Gigante da Colina ao apito final do árbitro Caio Max Augusto Vieira.

Com a vitória, o Vasco se garantiu no G-4 com 17 pontos somados, dois atrás do líder, Cruzeiro, e quatro acima do quinto colocado, Novorizontino. O time segue como o único invicto dos 40 clubes das Séries A e B.

Próximos jogos

Lutando forte pelo acesso à Série A, o Vasco volta a campo na próxima quinta-feira (2/6), novamente em São Januário, para o grande clássico com o Grêmio. O Brusque, por sua vez, jogará apenas no sábado (4/6), contra o Náutico, no estádio Augusto Bauer.

FICHA TÉCNICA

Vasco 2 x 0 Brusque

Local: São Januário, Rio de Janeiro

Data e hora: quinta-feira (26/5), às 19h (de Brasília)

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Auxiliares: Jean Marcio dos Santos e Lorival Candido das Flores (RN)

Gols: Nenê 40'/1ºT, 16'/2ºT (Vasco)

Cartões amarelos: Nenê (Vasco) / Pará, Toty, Airton e Wallace Reis (Brusque)

VASCO: Thiago Rodrigues; Weverton, Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Yuri Lara (Zé Gabriel), Andrey Santos (Matheus Barbosa), Nenê e Gabriel Pec; Palacios (Figueiredo) e Raniel (Getúlio (Jhon Sánchez)). Técnico: Zé Ricardo.

BRUSQUE: Jordan; Pará (Jaílson), Wallace Reis, Bruno Aguiar e Airton; Rodolfo, Zé Mateus (Luiz Antônio) e Toty; Todinho, Alex Sandro e Alex Ruan. Técnico: Luan Carlos.

Repórter de beisebol é atingida por rebatida e levada para hospital com fratura no rosto

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.