Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Na estreia de Ceni, Bahia atropela o Coritiba jogando fora de casa

Triunfo por 4 a 2 dá respiro ao Esquadrão no campeonato; Coxa amarga a lanterna, com apenas 14 pontos conquistados

Futebol|Do R7

Thaciano comemora gol do Bahia
Thaciano comemora gol do Bahia Thaciano comemora gol do Bahia

No Couto Pereira, o Bahia respondeu de forma positiva à estreia do técnico Rogério Ceni. Fora de casa, o Esquadrão goleou o Coritiba por 4 a 2. Com o placar, o Esquadrão aparece na 15ª posição, com 25 pontos. O Coxa é o lanterna, com 14 pontos.

Na próxima rodada, o Coritiba encara o Vasco da Gama, fora de casa. O Bahia faz jogo atrasado com o Santos, em casa.

O confronto

O duelo começou agitado. Logo no minuto inicial, Hayner cruzou, e Sebastián Gómez bateu firme para colocar o Coritiba em vantagem. A resposta do Bahia veio no empate, aos 10 minutos. Em abafa dentro da grande área, Rafael Ratão, com o gol vazio, mandou para o fundo da rede.

Publicidade

Com imposição perante o adversário, o Tricolor ficou perto da virada e empurrava o Coritiba para dentro do seu campo. O gol parecia questão de tempo e veio com Thaciano. O goleiro Luan Polli não segurou o cruzamento, e o volante empurrou para a rede.

Ceni estreou à frente do Bahia
Ceni estreou à frente do Bahia Ceni estreou à frente do Bahia

Antes do intervalo, o Bahia sacramentou o triunfo. Cândido soltou o pé, Polli rebateu, e Ademir matou qualquer chance de reação do Coritiba.

Publicidade

Cabisbaixo, o Coxa até buscou uma pressão na etapa final, mas pouco criava. A torcida protestava nas arquibancadas, e nada deu certo para o time da casa.

Nos contra-ataques, o Bahia levava perigo e fez o resultado positivo se tornar uma goleada. Biel recebeu lançamento, ganhou a dividida de Luan Polli e só mandou para o gol, 4 a 1.

Publicidade

Ficha técnica

CORITIBA 2 X 4 BAHIA

Local: Couto Pereira, Curitiba (PR)

Data e hora: 14/9/2023 – 20h

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Auxiliares: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Daniel do Espirito Santo Parro (RJ)

VAR: Frederico Soares Vilarinho (MG)

Público/renda: 22.961 pessoas/ R$ 552.750

Cartões amarelos: Hayner, Thiago Dombroski, Bruno Gomes (CTB), Rezende (BAH)

Gols: Sebastián Gómez (1’/1ºT), Rafael Ratão (10’/1ºT), Thaciano (30’/1ºT), Ademir (34’/1ºT), Biel (28’/2ºT) e Andrey (48’/2ºT)

CORITIBA: Luan Polli; Hayner (Natanael, aos 19/2ºT), Kusevic, Thiago Dromboski e Jamerson; Samaris (Marcelino, aos 37/2ºT), Bruno Gomes (Andrey, aos 19/2ºT), Bruno Gómez e Sebastián Gómez (Diogo Oliveira, aos 12/2T); Kaio César (Fransérgio, ao 0/2), Slimani e Robson. Técnico: Thiago Kosloviski.

BAHIA: Marcos Felipe; Gilberto, Kanu, Raul Gustavo e Camilo Cândido; Rezende (Léo Citadini, aos 39/2ºT), Yago Felipe (Acevedo, aos 36/2ºT) e Thaciano (Lucas Mugni, aos 36/2ºT); Ademir (Vitor Jacaré, aos 18/2ºT), Everaldo e Rafael Ratão (Biel, aos 18/2ºT). Técnico: Rogério Ceni.

Egito investe mais de R$ 245 bilhões para construir cidade e ser sede dos Jogos Olímpicos de 2036

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.