Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Ministra do Trabalho pede a demissão de cartola que forçou beijo em jogadora espanhola

'As desculpas dele não funcionam de jeito nenhum', afirma Yolanda Díaz; Luis Rubiales, presidente da RFEF, diz que não teve 'ma-fé'

Futebol|Do R7

Luis Rubiales, presidente da federação espanhola de futebol
Luis Rubiales, presidente da federação espanhola de futebol Luis Rubiales, presidente da federação espanhola de futebol

A ministra do Trabalho e Economia Social da Espanha, Yolanda Díaz, pediu a demissão do presidente da RFEF (Real Federação Espanhola de Futebol), Luis Rubiales, que, na comemoração do título da Copa do Mundo Feminina, beijou à força a jogadora Jenni Hermoso.

Em um discurso feito no Congresso do país nesta segunda-feira (21), Díaz condenou a atitude do chefe do futebol espanhol e disse que o pedido de desculpas feito por ele não é suficiente.

 Compartilhe esta notícia no WhatsApp

 Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

“O Sumar [coalização partidária] expressa a condenação mais forte ao que vimos ontem. Ele beijou e agrediu uma mulher. As desculpas dele não funcionam de jeito nenhum. Pedimos o cumprimento da Lei do Esporte e que se ativem os protocolos da Federação de Esportes. Essa pessoa deve ser demitida”, declarou a ministra.

Momento em que Rubiales força beijo em Hermoso
Momento em que Rubiales força beijo em Hermoso Momento em que Rubiales força beijo em Hermoso

Pela manhã, Rubiales apareceu em um vídeo desculpando-se pelo fato, mas classificou o beijo como “um momento de máxima efusividade, sem más intenções”.

Publicidade

"Foi um feito histórico para o futebol espanhol. Mas também há um fato que tenho de lamentar, que é o que se passou entre mim e uma jogadora. Há uma relação magnífica entre nós, assim como com as outras, mas, com certeza, me enganei. Tenho de admitir, porque foi em um momento de máxima efusividade, sem más intenções, sem má-fé. O que aconteceu foi muito espontâneo, sem má-fé de nenhuma das partes”, diz o mandatário no vídeo, divulgado pela federação espanhola.

Ainda no vestiário, durante as comemorações do inédito título da Espanha no Mundial feminino, Jenni Hermoso disse durante uma transmissão feita nas redes sociais que não havia gostado da atitude de Rubiales.

Publicidade

Horas depois, após a repercussão negativa, a jogadora do Pachuca pôs panos quentes na situação e disse que o beijo de Rubiales foi “um gesto mútuo totalmente espontâneo por conta da alegria de ter ganhado um Mundial”.

A atleta disse ainda que mantém uma ótima relação com o presidente da federação de futebol.

"Não dá para exagerar num gesto de amizade e gratidão, ganhamos uma Copa do Mundo e não vamos nos desviar do que é importante", completou.

É festa! Veja a comemoração da Espanha, que conquista de forma inédita a Copa do Mundo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.