Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Messi em Miami é 'um presente para os EUA e a MLS', diz David Beckham

Coproprietário do clube da Flórida rasgou elogios ao craque argentino e afirma que ele é uma inspiração

Futebol|Do R7


David Beckham rasge elogios à vinda de Messi ao Inter Miami
David Beckham rasge elogios à vinda de Messi ao Inter Miami

A contratação de Lionel Messi pelo Inter Miami foi "um presente para os Estados Unidos e a Major League Soccer [MLS]", afirmou David Beckham, presidente e coproprietário do clube da Flórida, em uma entrevista concedida à reportagem nesta quarta-feira (15), em Mumbai (Índia), onde assistiu a uma partida de críquete.

Messi, campeão do mundo no ano passado com a Argentina e que no final de outubro recebeu a oitava Bola de Ouro de sua carreira, chegou ao Inter Miami em julho, depois de encerrar uma passagem decepcionante de dois anos no Paris Saint-Germain.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu Whatsapp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Assine a newsletter R7 em Ponto

Publicidade

Pergunta: O que representou para você a chegada de Lionel Messi ao Inter Miami?

Resposta: Quando me dizem que Lionel Messi joga no Inter Miami, ainda não acredito. Como proprietário, estou muito orgulhoso de tê-lo no clube. Sabíamos que conseguir a vinda de Leo aos Estados Unidos, não só a Miami, era um presente para o país e para a MLS. Alguém como ele muda tudo, é uma inspiração para toda uma geração de jogadores. Por isso queríamos Leo na equipe.

Publicidade

Com certeza, também queremos ganhar títulos e ser o melhor time do campeonato. Mas uma das razões para contratá-lo era que ele fosse uma inspiração para a próxima geração de jogadores nos Estados Unidos. Que ajudasse fazer crescer a vontade de ser jogador de futebol. Messi tem esse poder.

Como você vê as chances da Inglaterra na Eurocopa de 2024?

Tenho muita confiança nesta seleção da Inglaterra. Acredito em Garet Southgate [técnico da equipe], no que ele vem fazendo há vários anos. Infelizmente perdemos a final da última Euro para a Itália [em julho de 2021, em Londres], mas chegamos muito perto da vitória. Quando a nossa seleção vence, todo o país se une de uma maneira incrível.

Não quero me precipitar, mas acho que realmente temos chances na Euro 2024, com jogadores jovens como Cole Palmer, Jude Bellingham e os demais. E com certeza com nosso capitão, Harry Kane, que continua sendo um exemplo para o time e marcando gols.

Do seu ponto de vista como embaixador mundial do Unicef desde 2015, que papel o futebol pode desempenhar para ajudar as crianças desfavorecidas?

Sempre disse que o esporte deve desempenhar um grande papel para as crianças. O futebol, o críquete, o basquete e os outros esportes que têm uma grande responsabilidade para ajudar a sua emancipação. Na minha própria carreira, o futebol me permitiu desenvolver a capacidade de gestão, de trabalhar em equipe, ter disciplina, manter a concentração.

O futebol me deu confiança. Viajando pelo mundo com o Unicef, vi os rostos das crianças, que se enchiam de alegria com o futebol. Elas se esquecem dos problemas quando estão jogando.

Messi vai ganhar R$ 80 milhões sem precisar entrar em campo; veja como ele pode gastar essa bolada

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.