Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Marinho encerra jejum, Santos bate o Bragantino e rebaixa a Chape

Atacante voltou a marcar após longo período e garantiu importante vitória do Alvinegro na luta contra o rebaixamento no Brasileirão

Futebol|Felippe Scozzafave, do R7


O Marinho está de volta! Após cerca de quatro meses e 16 jogos disputados no Brasileirão, o camisa 11 finalmente voltou a marcar pelo Santos. O gol dele abriu caminho para a vitória por 2 a 0 para cima do Red Bull Bragantino, nesta quarta-feira (10), na Vila Belmiro.

O resultado faz o Alvinegro respirar no campeonato. Agora com 38 pontos, o time está ainda mais longe da zona de rebaixamento. O resultado também define matematicamente o rebaixamento da Chapecoense, que, caso vença todos os jogos, chegará a 36 pontos, pontuação do Bahia, atual 16º colocado, mas que já tem nove vitórias e não pode mais ser alcançado pelos catarinenses. 

Marinho ficou bastante emocionado por voltar a marcar pelo Santos
Marinho ficou bastante emocionado por voltar a marcar pelo Santos

No fim de semana, Santos e Bragantino atuam no sábado. Enquanto o Peixe joga fora de casa, contra o Atlético-GO, o Massa Bruta, com 49 pontos, faz duelo direto pelo G4 com o Fortaleza.

Torcida empurra e time responde

O Santos fez valer a força da torcida e foi para cima, com boa movimentação na frente, diante de um adversário à espera dos contra-ataques. O Alvinegro buscou bastante os chutes de longe, e levou certo perigo com Lucas Braga, Gabriel Pirani e Vinicius Zanocelo.

Publicidade

O gol saiu aos 27. Diego Tardelli arriscou da entrada da área, Cleiton falhou, deu rebote, e Marinho mergulhou de cabeça para marcar e encerrar um longo jejum.

Bragantino pressiona, mas não empata

A desvantagem fez os visitantes acordarem, mas o Braga não criou grande perigo. Na melhor chance, Edimar, aos 40, recebeu na área e bateu cruzado.

Publicidade

Na volta do intervalo, o Bragantino seguiu melhor. E perdeu chances com Cuello, Artur e Aderlan. Aos 22, a mais clara delas. Jadsom tocou para Cuello, que desviou para Ytalo, que ajeitou de calcanhar novamente para Jadsom. O volante buscou o canto, e a bola passou perto do gol.

Isso que é categoria

O time do interior foi cansando. E deu espaços ao Santos. Aos 44, Zanocelo finalizou, e a bola passou por cima do gol. No minuto seguinte, Ângelo arrancou e serviu Marinho, que foi derrubado dentro da área. Pênalti, que Sánchez bateu com estilo, no alto, forte, para dar números finais ao jogo.

Publicidade

Santos 2 x 0 Red Bull Bragantino

Motivo: 31ª rodada do Campeonato Brasileiro

Data: 10 de novembro de 2021 (quarta-feira)

Horário: 19 horas (de Brasília)

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Jose Eduardo Calza (RS)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Cartões amarelos: Jadsom (Bragantino); Zanocelo, João Paulo (Santos)

Gols: Marinho, aos 27min do primeiro tempo, e Sánchez, aos 47min do segundo tempo (Santos)

Santos: João Paulo; Danilo Boza, Luiz Felipe e Kaiky; Marcos Guilherme, Zanocelo, Gabriel Pirani (Vinícius Balieiro), Felipe Jonatan e Lucas Braga (Ângelo); Marinho e Tardelli (Moraes). Técnico: Fábio Carille

Red Bull Bragantino: Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Natan e Edimar; Jadsom, Ramires e Artur; Helinho (Gabriel Novaes), Ytalo e Cuello (Gonzalo). Técnico: Maurício Barbieri

Bruninho, hostilizado na Vila, ganha carinho dos jogadores do Santos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.