Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Marcos Braz reconhece risco de mudança, mas defendeu saída de Dorival

Dirigente deu entrevista após derrota do Flamengo na semifinal do Mundial para o Al-Hilal

Futebol|Do Live Futebol BR

Marcos Braz durante coletiva de imprensa
Marcos Braz durante coletiva de imprensa Marcos Braz durante coletiva de imprensa

Em entrevista após a eliminação do Flamengo na semifinal do Mundial de Clubes, o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, explicou que sabia do risco da troca de comando do Rubro-Negro e defendeu a saída de Dorival Júnior.

Mesmo com o calendário apertado e com duas decisões (Supercopa e Mundial) logo no início do ano, o Flamengo não renovou contrato com o técnico Dorival Júnior, campeão da Copa do Brasil e da Libertadores com o clube em 2022, e contratou o português Vítor Pereira, ex-Corinthians. 

"A gente tinha aqui dentro uma análise bem clara e bem transparente de que precisava fazer a troca do comando, e assim foi feito. Pode ter tido um ponto fora da normalidade nesse sentido (resultados), mas você tem alguns itens na hora de analisar o que você busca no comando de uma equipe", afirmou Marcos Braz.

Leia também

"E a gente entendeu que precisava ser trocado. Foi trocado, e em um segundo momento veio a situação do Vítor Pereira. A gente entendia que teria que ser trocado. É diferente de ser trocado pelo Vítor Pereira. A gente entendia que tinha quer ser trocado. Apenas isso", completou.

Continua após a publicidade

O dirigente ainda ressaltou que sabia do risco que a troca no comando do clube poderia causar. "Se eu não soubesse desse risco (de mudar de técnico a menos de dois meses do Mundial de Clubes) não poderia estar no cargo que estou. A gente sabia desse risco. Você não pode imputar somente ao tempo de trabalho o resultado, que não foi o que queríamos entregar", disse.

"A diretoria do presidente Rodolfo Landim está há quatro anos fazendo muita entrega, bem acima da média histórica (do Flamengo). Foram duas Libertadores, dois Brasileiros, uma Recopa, duas Supercopas. Tínhamos uma expectativa maior de chegar à final de um Mundial. Quando não se chega, evidente que existem os questionamentos. Vamos avaliar o que poderia ter sido feito melhor", finalizou.

Veja as melhores fotos da vitória do Al-Hilal sobre o Flamengo no Mundial da Fifa

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.