Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Manchester United afasta reforço de R$ 500 milhões que criticou treinador

Jadon Sancho chegou com moral ao clube inglês, em 2021, mas entrou em conflito com Erik Ten Hag e, agora, treina separado

Futebol|

Sancho durante a pré-temporada
Sancho durante a pré-temporada Sancho durante a pré-temporada

O Manchester United anunciou nesta quinta-feira (14) o afastamento do atacante Jadon Sancho por problemas disciplinares. O jogador, de 23 anos, vai seguir as atividades longe do time principal, treinando separado.

"Jadon Sancho vai seguir um programa de treino pessoal afastado da equipe principal, enquanto se aguarda pela resolução de um problema disciplinar", declarou o Manchester United, em comunicado oficial.

Após a derrota do Manchester United por 3 a 1 diante do Arsenal, válida pela quarta rodada da Premier League 2023/24, o técnico Erik ten Hag foi questionado sobre a ausência de Jadon Sancho da lista de relacionados para o jogo. O treinador holandês justificou-se com a alegação de que o atacante não vinha treinando bem.

Sancho se irritou com a fala de Ten Hag e se manifestou em suas redes sociais. O camisa 25 alegou que as declarações do treinador eram "falsas" e que tem sido usado como "bode expiatório" no Manchester United.

Publicidade

"Por favor, não acreditem em tudo que vocês leem! Eu treinei muito bem durante a semana. Acredito que existem outros motivos, mas não vou entrar nesse tema. Eu venho sendo o bode expiatório há muito tempo, e isso não é justo. Tudo o que eu quero é jogar futebol com um sorriso no rosto e contribuir com o meu time. Respeito todas as decisões da comissão técnica, jogo ao lado de atletas fantásticos e sou muito grato, por isso sei que todas as semanas tenho um desafio. Vou lutar por este clube até o fim", declarou Jadon Sancho, em publicação.

Jadon Sancho chegou ao Manchester United, em 2021, contratado por 85 milhões de euros (cerca de R$ 519 milhões, na época) junto ao Borussia Dortmund. Na atual temporada, o atacante inglês atuou em três jogos, saindo do banco de reservas em todos eles. O jogador ficou de fora da última Copa do Mundo.

Egito investe mais de R$ 245 bilhões para construir cidade e ser sede dos Jogos Olímpicos de 2036

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.