Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Após beijo forçado, Luis Rubiales vai renunciar ao cargo de presidente da Federação Espanhola

Mandatário vai comunicar decisão durante assembleia-geral da RFEF; mandatário virou alvo de processo na Fifa e foi criticado por autoridades

Futebol|Do R7

Pressão se torna insustentável para Rubiales seguir no cargo
Pressão se torna insustentável para Rubiales seguir no cargo Pressão se torna insustentável para Rubiales seguir no cargo

Luis Rubiales deve renunciar nesta sexta-feira (25) ao cargo de presidente da RFEF (Real Federação Espanhola de Futebol), após uma semana conturbada, em que o mandatário foi duramente criticado por seu comportamento após a vitória da seleção na Copa do Mundo Feminina.

Além do beijo forçado na jogadora Jenni Hermoso, durante a cerimônia de premiação, Rubiales foi flagrado nas tribunas do estádio, após a final contra a Inglaterra, fazendo gestos obscenos, mesmo estando ao lado de mulheres da realeza espanhola.

· Compartilhe esta notícia no WhatsApp

· Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

Segundo informações da EFE, o mandatário não planejava tomar tal decisão, mas o aumento da pressão política e social para sua saída cresceu tanto que ele avaliou não ter outra solução e já avisou seu entorno de sua decisão.

O fato será comunicado no mesmo dia em que a RFEF terá uma assembleia-geral extraordinária, convocada às pressas durante a semana, para debater a conduta do presidente.

Publicidade

Ao longo da semana, uma série de autoridades espanholas se pronunciou e criticou duramente as ações de Rubiales, entre elas a ministra do Trabalho e Economia Social da Espanha, Yolanda Díaz, e o primeiro-ministro, Pedro Sánchez, que disse que desculpas “não são suficientes” neste caso.

Após Hermoso afirmar em comunicado que está tendo os seus interesses defendidos pelos seus agentes e pelo Futpro (sindicato de jogadoras de futebol da Espanha), que expressou “firme condenação diante das condutas que atentam contra a dignidade das jogadoras”, a Fifa abriu um processo disciplinar contra o presidente da RFEF.

Publicidade

Apesar da saída da federação, Rubiales seguirá como vice-presidente da Uefa.

Além de beijar campeã da Copa, dirigente teria roubado dinheiro para festa; conheça Luis Rubiales

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.