Futebol Luís Castro destaca efeito das substituições na vitória sobre o Atlético-MG

Luís Castro destaca efeito das substituições na vitória sobre o Atlético-MG

Glorioso teve atuação ruim no primeiro tempo e confirmou o triunfo fora de casa na reta final da partida

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Victor Sá e Lucas Fernandes saíram do banco e ajudaram o Botafogo na vitória sobre o Galo

Victor Sá e Lucas Fernandes saíram do banco e ajudaram o Botafogo na vitória sobre o Galo

Vitor Silva/Botafogo

Na partida de encerramento da 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Botafogo bateu o Atlético-MG no Mineirão pelo placar de 2 a 0 e contou com participações de jogadores que saíram do banco de reservas. Após a partida, em entrevista coletiva, o técnico Luís Castro elogiou as atuações das peças que entraram e mudaram a cara do jogo.

O primeiro gol do Glorioso, aos 30 minutos da segunda etapa, foi marcado por Victor Sá, que entrou na vaga de Júnior Santos. A jogada foi iniciada pelo jovem Luis Henrique, que substituiu Jeffiho. O segundo foi anotado por Tiquinho Soares após belo cruzamento de Lucas Fernandes, alteração feita no intervalo, no lugar do volante Patrick de Paula.

"Tiveram um cumprimento muito bom e um jogo muito bom, ao contrário do que aconteceu no último jogo, em que nossas alterações não resultaram em nada. Há claramente um momento em que o time não consegue crescer dentro do jogo através das substituições. Neste caso as substituições fizeram crescer o time. Parabéns a todos que entraram e àqueles que foram utilizados em todo o jogo e não só aos que entraram. É uma equipe muito solidária", disse Luís Castro.

A vitória fora de casa deixou o Botafogo vivo na briga por uma vaga na próxima Libertadores. Castro celebrou a garantia de uma competição continental em 2023, já que matematicamente o Alvinegro está dentro da zona de acesso à Sul-Americana, mas afirmou o desejo por sonhos maiores.

"Sempre olhamos para cima e vamos continuar. Olhamos para cima até o último segundo do campeonato e até ser matematicamente possível. Somos mais um daqueles que querem muito entrar na Libertadores. Agora, se vamos ter capacidade para isso, só o futuro dirá. Os próximos jogos que vão dizer se temos capacidade ou não."

O Botafogo volta a campo a próxima quinta-feira (10), contra o Santos, às 20h, desta vez no Estádio Nilton Santos.

Com Daniel Alves e Pedro, Tite convoca seleção para Copa 2022

Últimas