Futebol Luís Castro comenta situação estrutural do Botafogo: 'Todas as condições para crescer'

Luís Castro comenta situação estrutural do Botafogo: 'Todas as condições para crescer'

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Luís Castro segue lutando por melhor estrutura no Botafogo

Luís Castro segue lutando por melhor estrutura no Botafogo

Vitor Silva/Botafogo

Luís Castro falou mais uma vez sobre a questão estrutural do Botafogo em seu primeiro ano como Sociedade Anônima do Futebol (SAF). Em entrevista à emissora portuguesa Record, o técnico alvinegro citou as dificuldades, mas sem deixar de mostrar confiança.

"São de domínio público as dificuldades em que o Botafogo se encontrava e se encontra. Em seis meses, poucas coisas foram resolvidas. Para o clube caminhar em direção a um patamar de sucesso há muitas etapas a ultrapassar. O clube não tem um centro de treinos, tem uma academia espalhada por vários locais. Tem um problema de organização. Isso provoca dificuldades no dia a dia para que os jogadores de qualidade consigam evoluir nos escalões de base", disse.

Sempre esteve em pauta o problema organizacional do Botafogo. Décadas de crises nas diversas diretorias que passaram pela sede de General Severiano escancararam tal situação. Castro abordou sobre a dificuldade em se da um novo passo.

"Elas (as dificuldades) foram muito além do que esperava. Não pensava que não teria um campo para treinar. Só para exemplificar. Os jogadores equipam-se, há duas semanas a esta parte, num balneário. Não tínhamos um balneário comum, tinham de equipar-se de forma separada até então", destacou.

Apesar da ausência de uma estrutura considerada 'de ponta', o Glorioso ainda dá pequenos passos no primeiro ano de projeto. O técnico português indicou um caminho promissor.

"O que posso oferecer é o que penso para o futuro do Botafogo. Não quero prometer nada. Quero viver em paz, quero ter o adepto como parte integrante da 'família Botafogo'. Sei que um dia irei partir do clube, sairei do Brasil, sairei da 'família Botafogo', mas o adepto, esse nunca sairá. O que eu mais quero é todos juntos possamos formar uma grande família, fazer crescer o clube a cada momento. Tenho a consciência do que vou dizer. O Botafogo tem todas as condições para crescer e ser uma equipe que lute por coisas cada vez maiores no futebol brasileiro. A união será fundamental para que isso aconteça."

'Botafogo Way' ganha forma: Glorioso inicia relação entre comissões técnicas

Últimas