Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Lionel Messi conquista sua quinta Bola de Ouro

Argentino superou o brasileiro Neymar e o português Cristiano Ronaldo na cerimônia da Fifa

Futebol|Do R7

Lionel Messi ampliou distância para rival Cristiano Ronaldo
Lionel Messi ampliou distância para rival Cristiano Ronaldo Lionel Messi ampliou distância para rival Cristiano Ronaldo
Wendell Lira ganhou como gol mais bonito da temporada
Wendell Lira ganhou como gol mais bonito da temporada Wendell Lira ganhou como gol mais bonito da temporada

O mundo do futebol mais uma vez se curvou a Lionel Messi. O camisa 10 da seleção argentina e do Barcelona levou nesta segunda-feira (11) mais um Bola de Ouro. Essa é a quinta vez que o craque recebe o prêmio de melhor jogador. A cerimônia de gala da Fifa, em Zurique, teve ainda Cristiano Ronaldo e Neymar.

Independentemente do prêmio, a presença de Neymar já é importante para o futebol brasileiro. Kaká, o responsável por entregar o troféu a Messi, havia sido o último representante do País a ser indicado para a cerimônia. De 2007 para cá, maus resultados e crise fora de campo tiraram o verde-amarelo do tapete vermelho no masculino.

A premiação de Messi não é só mais um recorde na carreira do jogador, como também uma demonstração da sua superioridade sobre o rival Cristiano Ronaldo. O português do Real Madrid soma apenas três Bola de Ouro.

"É especial estar aqui depois que a Bola de Ouro foi para o Cristiano Ronaldo nos dois últimos anos. É um prêmio que eu sonhava quando pequeno. Quero agradecer a quem votou em mim e aos meus companheiros. Sobretudo, quero agradecer ao futebol de modo geral. Boa noite a todos e muito obrigado", disse Messi.

Publicidade

Se Messi não foi exuberante na temporada, foi superior aos concorrentes. O jogador pela primeira vez sofreu uma grave lesão (ligamento colateral do joelho esquerdo) na carreira e assustou a todos. Mesmo assim, foram 52 gols em 60 jogos (média de 0,86 gol) e ficou com 41,33% dos 498 votos de capitães e técnicos de seleções. Cristiano Ronaldo levou 27,76% e Neymar garantiu 7,86%.

O único brasileiro que conseguiu desbancar Messi foi o surpreendente Wendell Lira. Ainda quando jogava pelo Goianésia, o jogador marcou um gol digno do Prêmio Puskas. A seleção ideal da Fifa ainda teve quatro jogadores do País.

Publicidade

Confira a lista completa da premiação:

Goleiro – Neuer

Publicidade

Lateral-direito – Daniel Alves

Zagueiro – Sérgio Ramos

Zagueiro – Thiago Silva

Lateral-esquerdo – Marcelo

Volante – Modric

Meia – Iniesta

Meia – Pogba

Atacante – Neymar

Atacante – Lionel Messi

Atacante – Cristiano Ronaldo

Melhor Jogador – Lionel Messi

Melhor Jogadora – Carli Lloyd

Técnico futebol feminino – Jill Ellis

Técnico futebol masculino – Luis Enrique

Gol mais bonito – Wendell Lira

Programas da Record na íntegra no R7 Play

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.