Futebol Lewis Hamilton e Serena Williams devem investir R$ 120 milhões para compra do Chelsea

Lewis Hamilton e Serena Williams devem investir R$ 120 milhões para compra do Chelsea

Piloto de F1 e tenista estão juntos com magnata britânico para adquirir o clube após Roman Abramovich pôr o time à venda

  • Futebol | Do R7, com informações do Lance!

Lewis Hamilton e Serena Williams devem entrar como investidores na compra do Chelsea

Lewis Hamilton e Serena Williams devem entrar como investidores na compra do Chelsea

Reprodução/Twitter

Lewis Hamilton e Serena Williams podem ser os próximos donos do Chelsea. Ao lado do empresário britânico Sir Martin Broughton, ex-presidente da companhia aérea British Airways, os dois atletas estão dispostos a investir 10 milhões de euros (R$ 60,5 milhões) cada um para adquirir o clube londrino. As informações são da Sky News. 

De acordo com as informações, Broughton está em contato com a dupla há algumas semanas. A expectativa é que o clube seja vendido por 2,5 bilhões de libras (R$ 15 bilhões). Nos Blues, Hamilton, que é torcedor do Arsenal, desempenharia um papel formal para promover diversidade, equidade e inclusão caso o bilionário inglês consiga comprar o Chelsea.

O Raine Group, banco que está supervisionando a venda do Chelsea, pode apresentar seu ofertante preferido ainda nesta semana. Broughton, que está liderando a oferta, é torcedor dos Blues e possui diversos investidores para arrecadar fundos.

Desde março Roman Abramovich, empresário russo e o atual dono do Chelsea, vem sofrendo sanções do Reino Unido por supostas ligações com Vladimir Putin, presidente da Rússia. O país do Leste Europeu está sendo alvo de boicotes por outras nações devido à guerra na Ucrânia.

Dono do Chelsea, russo Abramovich teria sido envenenado, diz jornal

Últimas