Kane sofre lesão e deve desfalcar o Tottenham por um mês

O Tottenham confirmou nesta sexta-feira que o atacante Harry Kane sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda durante a derrota por 1 a 0 para o Southampton, na última quarta, em partida válida pelo Campeonato Inglês.

Embora tenha confirmado a lesão de Kane, o Tottenham evitou apresentar uma previsão sobre o período que o centroavante ficará ausente dos gramados. Mas a tendência é que o rompimento muscular o deixe afastado por cerca de um mês. "Nossa equipe médica continuará analisando a lesão com o tratamento em andamento", afirmou o clube londrino.

A lesão de Kane aconteceu durante o segundo tempo da partida, quando marcou um gol em impedimento. O capitão da Inglaterra havia ficado em campo por todos os minutos dos três jogos anteriores do Tottenham durante o período festivo de fim de ano, marcado pelo calendário apertado.

Kane vinha apresentando ótimo rendimento pelo Tottenham e pela seleção inglesa na temporada 2019/2020, com 27 gols marcados e sem sofrer lesões - na anterior, contusões no tornozelo atrapalharam o seu rendimento.

O próximo compromisso do seu time será no domingo, fora de casa, contra o Middlesbrough, pela Copa da Inglaterra. O time também mira uma vaga na Liga dos Campeões através do Campeonato Inglês, mas está a seis pontos do quarto colocado Chelsea, que fecha a zona de classificação. "Cabeça erguida", escreveu Kane em seu perfil no Twitter. "Tempos difíceis não duram, pessoas fortes duram."