Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Jornal português chama Leila Pereira, presidente do Palmeiras, de 'mão de vaca'

Presidente foi criticada pelo periódico 'A Bola' devido a falta de reforços no Alviverde para o restante da temporada

Futebol|Do Live Futebol BR


Leila Pereira em entrevista pelo Palmeiras
Leila Pereira em entrevista pelo Palmeiras

O Palmeiras tem convivido diariamente com as críticas por não estar fazendo grandes movimentações na janela de transferências. O clube busca por um volante para substituir Danilo, que deixou o clube em janeiro deste ano. No entanto, as negociações não estão fáceis e a equipe até o momento não se reforçou nesta temporada.

Compartilhe esta notícia no Whatsapp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Com o baixo número de reforços, Leila Pereira está sofrendo vários tipos de críticas e não só da torcida do Palmeiras. Nesta quinta-feira (27), a presidente foi capa do jornal português ‘A Bola’.

Publicidade

Na publicação, o jornal criticou a postura da presidente e a chamou de ‘Mão de Vaca’.

Leia também

“De um lado, Abel Ferreira, o pluricampeão treinador perseguido no último mês por resultados negativos em função do desgaste dos titulares, quer mais opções, além dos jovens talentosos (mas inexperientes) da formação. Do outro, Leila Pereira, a presidente com fama de forreta, não quer mais dívidas. No meio, uma torcida cada vez mais impaciente”, escreveu o jornal.

Publicidade

“O impasse surge quando falta apenas uma semana para o fim da janela de mercado no Brasil. E o Verdão ainda sonha com a revalidação do título, apesar da distância de 12 pontos para o líder Botafogo, de Bruno Lage, e mais uma conquista da CONMEBOL Libertadores, cujo próximo rival, nas oitavas de final, é o Atlético-MG”, completou.

Wendel, do Zenit, Santiago Hezze, do Huracán, e Aníbal Moreno, do Racing, surgiram como opções para o Verdão, no entanto, todas as negociações são consideradas difíceis.

Publicidade

Wendel está praticamente acertado com o Flamengo, enquanto Aníbal Moreno ficou distante devido aos valores pedidos pela diretoria do Racing. Já Hezze tampouco recebeu propostas do Palmeiras, segundo o ‘Nosso Palestra’, e as condições de negócio impostas pelo Huracán estariam dificultando as coisas.

Com isso, o Palmeiras está cada vez mais longe de acertar alguma nova contratação nesta janela, o que preocupa os torcedores pela sequência da temporada. Atualmente, o Alviverde segue vivo na Libertadores e ainda sonha com o título do Campeonato Brasileiro.

Histórico recente mostra que seleção traz má sorte para jogadores e treinadores; entenda

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.