Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Joinville sai na frente da Ponte Preta, mas cede empate e segue em último

Resultado de igualdade em Santa Catarina não ajuda nenhum dos times no Brasileiro

Futebol|Do R7

Joinville e Ponte Preta não empolgaram a torcida neste domingo
Joinville e Ponte Preta não empolgaram a torcida neste domingo Joinville e Ponte Preta não empolgaram a torcida neste domingo

Joinville e Ponte Preta ficaram no 1 a 1, neste domingo (19) na Arena Joinville, em Santa Catarina. Os gols foram na etapa final. O estreante Silvinho marcou para o JEC, que foi muito melhor em campo. Fernando Bob empatou de pênalti para a Ponte. O empate manteve o Joinville em último, nove pontos. A Ponte tem 18.

Classificação e jogos

A Ponte Preta também promoveu a estreia de dois jogadores que vieram do Atlético Paranaense. O meia Felipe começou a partida, mas foi apagadíssimo e acabou substituído pelo outro estreante, Bady (também ex-Atlético-PR) e que pouco fez.

O Joinville começou melhor, procurando jogar pelas pontas e, aos seis minutos, chegou com muito perigo quando, após cobrança de escanteio de Lucas Crispim, Naldo cabeceou raspando o travessão. A Ponte, que ainda busca reencontrar o seu jogo após a saída de Cajá para o futebol do Oriente Médio, começou a equilibrar o jogo a partir dos 20 minutos e teve boas chances primeiro em um chute de Gilson e, aos 22, quando Diogo Oliveira entrou com perigo pela direita e chutou na rede pelo lado de fora.

Publicidade

Mas a Macaca parou por aí. E como era o Joinville que tinha maior posse de bola (acima de 60%), construiu mais jogadas ofensivas. Numa delas, aos 30 minutos, Lucas Crispim fez grande jogada pela esquerda e sofreu falta na entrada da área (Renato Chaves levou amarelo no lance e é desfalque na próxima rodada). Na cobrança, Crispim acertou a trave de Marcelo Lomba. Dois minutos depois, Crispim caiu pela direita, fez o que quis com o lateral-esquerdo Gilson e sofreu nova falta perigosa. Só que desta vez foi Marion quem cobrou para fácil defesa de Lomba. Até o fim da primeira etapa o time da casa seguiu em cima, mas sem sucesso para marcar.

Na volta do intervalo, Adilson Batista tirou Dankler, que estava improvisado na lateral-direita, e colocou o estreante Silvinho, atacante que era reserva do Criciúma. Com isso, Naldo passou a ser o lateral improvisado. E também fez uma substituição curiosa, sacando a sua maior referência ofensiva, o artilheiro Kempes — autor de quatro dos seis gols do JEC nesta Série A - e fazendo entrar William Popp.

Publicidade

Como ocorreu na etapa inicial, o primeiro lance de perigo do Joinville foi com Naldo escorando um escanteio. Passou perto. Aos nove minutos, Adilson viu as suas duas apostas do banco serem determinantes para o primeiro gol do jogo. Num passe errado da Ponte no meio de campo, Anselmo deu um lançamento para William Popp, livre na direita. O garoto ajeitou e cruzou na cabeça de Silvinho.

Dois minutos depois, novo erro da Macaca, agora de marcação. Marion recebeu na corrida, deu uma série de dribles que deixaram Pablo perdido, mas chutou mal, perdendo o segundo gol. O momento era todo do Joinville. Mas a Ponte achou o gol. Numa jogada de Cesinha, a bola acabou sobrando para Biro Biro, que sofreu pênalti bobo de Anselmo. Fernando Bob cobrou e empatou.

Publicidade

O Joinville, precisando da vitória, teve de partir para cima e Marcelinho Paraíba entrou em campo. Ele passou a gerenciar as jogadas dos catarinenses, que mandaram duas bolas na trave, com Marion e Silvinho. Mas não era dia do JEC.

Assista aos programas da Record na íntegra no R7 Play

Acompanhe a página de Esportes do R7

FICHA TÉCNICA

JOINVILLE 1 X 1 PONTE PRETA

Local: Arena Joinville, em Joinville (SC)

Data-hora: 19/7/2015 - 18h30

Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)

Auxiliares: Kleber Lúcio (SC) e Nadine Schramm (SC)

Renda/Público: Não divulgados.

Cartões amarelos: Guti e Anselmo (INT); Ricardo Chaves, Fernando Bob, Pablo, Gilson e Cesinha (PON)

Cartões vermelhos: Não houve.

Gols: Silvinho, 9'/2ºT(1-0) e Fernando Bob, 29'/2ºT(1-1).

JOINVILLE: Agenor; Dankler (Silvinho, Intervalo), Guti, Douglas Silva e Diego; Naldo, Anselmo, Fabrício e Lucas Crispim (Marcelinho Paraíba, 31'/2ºT); Marion e Kempes (William Popp, Intervalo). Técnico: Adilson Batista.

PONTE PRETA: Marcelo Lomba; Rodinei, Renato Chaves, Pablo e Gilson; Fernando Bob, Josimar (Borges, 25'/2ºT), Felipe (Bady, 14'/2ºT) e Felipe Azevedo (Cesinha, 13'/2°T); Diogo Oliveira e Biro Biro. Técnico: Guto Ferreira.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.