Futebol Joia do São Paulo rompe ligamento do joelho em jogo da seleção sub-20

Joia do São Paulo rompe ligamento do joelho em jogo da seleção sub-20

Atacante Caio, de 18 anos, passará por uma cirurgia nos próximos dias; jogador deve ficar fora por cerca de seis meses

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Caio comemora primeiro gol como profissional do São Paulo

Caio comemora primeiro gol como profissional do São Paulo

Rubens Chiri / SPFC.net

Disputando o Torneio Internacional Sub-20 com a seleção brasileira, Caio, atacante do São Paulo, sofreu uma lesão no último domingo (12). O jogador foi diagnosticado com ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho direito e será desfalque do Tricolor nos próximos meses.

Muito comum na prática de exercícios que envolvam a rotação de joelho, como por exemplo, em jogos de handebol, futebol e esportes de neve, como o sky, a lesão do ligamento cruzado do joelho compromete a “estabilização do movimento de translação anterior da tíbia em relação ao fêmur, além de conferir estabilidade rotatória ao joelho”, explica o médico ortopedista, especialista em joelho, Dr. Fábio Castello Branco.

Apesar de ser uma lesão considerada comum no meio esportivo, a cirurgia é apenas indicada em casos que há o rompimento completo do ligamento cruzado, visto que não há cicatrização. Classificada como grave, a expectativa é que Caio retorne aos gramados apenas em 2023.

“O tempo de recuperação em média de um atleta profissional é de 6 meses. Esse
prazo pode ser maior se a fisioterapia e reabilitação não for feita de maneira adequada e correta”, explica o médico ortopedista.

Além de Caio, outro jogador do São Paulo que também sofreu esse mesmo problema enquanto defendia a seleção brasileira, foi o zagueiro Walce. O atleta se machucou em janeiro de 2020 e até o momento busca a recuperação para retornar aos gramados. Recentemente, o defensor foi liberado pelo Departamento Médico do clube, mas ainda não foi relacionado por Rogério Ceni, devido a preparação física. 

A lesão de Caio aconteceu após o jogador carregar a bola em velocidade, se desequilibrar e sozinho torcer o joelho. Na sequência, o jogador foi substituído e passou por exames no retorno ao Tricolor Paulista. Devido ao problema, o atacante deverá passar por uma cirurgia para reparação da lesão. 

“O ligamento cruzado anterior é substituído por um enxerto que é colocado no lugar do ligamento rompido, já que ele não tem poder de cicatrização. A cirurgia é realizada por videoartroscopia. Atualmente os enxertos mais utilizados são os tendões flexores, tendão patelar e tendão quadríceps. O objetivo da cirurgia é restaurar a anatomia e biomecânica do joelho possibilitando o retorno aos esportes sem riscos de novas lesões”, explica o Dr. Fábio Castello Branco.

Aos 18 anos, Caio é uma das grandes promessas do São Paulo. O jogador foi destaque na Copinha deste ano e prontamente foi promovido ao elenco principal do time por Rogério Ceni. O atleta fez alguns jogos, inclusive iniciando como titular na partida diante do Ayacucho, pela Copa Sul-Americana. Neste jogo anotou um gol e terminou como o melhor em campo. Apesar da lesão grave e do tempo afastado dos gramados,  Fábio é otimista na recuperação plena do jogador.

“As técnicas de cirurgias de joelho evoluíram muito nos últimos anos, os resultados são extremamente satisfatórios”, explica.

O São Paulo volta a jogar nesta quinta-feira (16), às 16h (de Brasília), em partida diante do Botafogo, válida pela décima segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Além de Caio, Rogério Ceni não terá à disposição Alisson, Andrés Colorado, Nikão, Talles Costa, Gabriel Sara, Luan e Moreira, todos lesionados.

Herdeiro de Suárez e Cavani: conheça novo atacante do Liverpool

Últimas