Futebol Jogador sai de campo chorando após insultos racistas na Argentina

Jogador sai de campo chorando após insultos racistas na Argentina

Harrinson Mancilla, colombiano que atua pelo Club Atlético Sarmiento-ARG, precisou ser tranquilizado em sua saída

  • Futebol | Do R7

Harrinson Mancilla saiu de campo em lágrimas após insultos racistas

Harrinson Mancilla saiu de campo em lágrimas após insultos racistas

Reprodução/Twitter

Durante o empate em 0 a 0 entre Platense-ARG e Sarmiento-ARG, pela quinta rodada do Campeonato Argentino, o meio-campista colombiano Harrinson Mancilla, do Club Atlético Sarmiento-ARG, saiu de campo em prantos após ouvir insultos racistas de torcedores rivais.

O técnico Israel Damonte, ao perceber o estado em que se encontrava seu atleta, fez o possível para consolá-lo em sua saída dos gramados.

Indignados, seus companheiros de clube começaram a procurar nas arquibancadas a pessoa que havia proferido insultos racistas ao colombiano. No final, a própria torcida do Platense identificou o agressor, e a polícia local levou o indivíduo para a prisão.

Após o episódio lamentável, Mancilla concedeu entrevista e apresentou mais detalhes sobre o ocorrido.

“Os torcedores gritaram coisas para mim, e isso não se justifica. Meus colegas viram a reação do resto das pessoas e também reagiram a isso. Eles me insultaram, mas vejo motivo, talvez a euforia do momento os tenha levado a isso”, disse o colombiano.

O treinador do Sarmiento-ARG, que tentou tranquilizar Harrinson Mancilla após o ocorrido, também falou sobre o caso.

“Tenho vergonha de repetir o que disseram, são coisas que os idiotas gritam, que infelizmente acontecem cada vez mais neste país, e ainda por cima é algo que contagia. Felizmente alguns torcedores da Platense criticaram o agressor. Isso não é uma coisa boa para a sociedade em geral, e principalmente para nós que fazemos parte deste esporte”, disparou Israel Damonte, técnico do Club Atlético Sarmiento-ARG.

Brasileiros na lista: relembre quem já recebeu o Prêmio Golden Boy

Últimas