Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Investigação aponta indícios de lavagem de dinheiro em esquema de apostas

MPGO deve abrir processo paralelo para apurar repasses de dinheiro aos atletas envolvidos na manipulação de jogos

Futebol|Do R7

Escândalo de apostas é investigado pelo MPGO
Escândalo de apostas é investigado pelo MPGO Escândalo de apostas é investigado pelo MPGO

Os desdobramentos do escândalo de manipulação de resultados no futebol brasileiro continuam a todo vapor. As investigações do MPGO (Ministério Publico de Goiás) apontam indícios de crime de lavagem de dinheiro e uso de contas falsas em pagamentos a atletas que receberam os repasses para forjarem cartões amarelos, vermelhos e até penalidades. 

Os casos de laranjas vão tramitar em um processo paralelo aos que já correm na Justiça sobre a investigação do esquema de apostas em jogos de futebol, que envolvem jogos da Série A do Brasileiro do ano passado. A informação foi apurada pelo Estadão nesta segunda-feira (15). A constatação leva o escândalo a um tipo de crime ainda não destrinchado pelo MPGO.

· Compartilhe esta notícia no WhatsApp

· Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

Ao todo, 25 denunciados já se tornaram réus pelo envolvimento no esquema fraudulento. Outras denúncias serão feitas à Justiça. As duas primeiras ficaram restritas aos crimes de promoção de organização criminosa e contra o Estatuto do Torcedor. 

Sigilos bancários e fiscais dos investigados foram quebrados depois de autorização judicial, e foram constatados pelos investigadores os pagamentos a jogadores aliciados feitos por intermédio dos chamados "laranjas". 

Publicidade

Como mostrado pelo Estadão, Thiago Cambó e Bruno Lopez, o líder da quadrilha das apostas ilegais, falam sobre evitar o compartilhamento de endereços e números de telefone por meio de aparelhos celulares, como mostram prints que compõem o processo. Contas bancárias pessoais também não deveriam aparecer nas transações.

“Nem transfere mais da sua mulher nem do seu CNPJ para ninguém nas próximas, entendeu? Pega umas contas laranja para mandar”, disse Chambó, pelo WhatsApp. Veja abaixo:

Publicidade

Máfia das apostas

Desde fevereiro de 2023, o Ministério Público de Goiás (MPGO) investiga a atuação de uma organização criminosa na manipulação de resultados de jogos de futebol, inclusive da Série A do Brasileirão. Ao todo, mais de 25 jogadores são citados no processo por suposta participação, e atletas da Série A, B e C já tiveram a identidade revelada.

Confira os jogos que estão sob investigação na Série A

Palmeiras X Juventude

Juventude X Fortaleza

Goiás X Juventude

Ceará X Cuiabá

Red Bull Bragantino X América-MG

Santos X Avaí

Botafogo X Santos

Palmeiras X Cuiabá

Quem são os jogadores investigados?

Eduardo Bauermann (Santos)

Gabriel Tota (Ypiranga-RS)

Victor Ramos (Chapecoense)

Igor Cariús (Sport)

Paulo Miranda (Náutico)

Fernando Neto (São Bernardo)

Matheus Gomes (sem clube)

Quais jogadores também foram citados no processo?

Vitor Mendes (Fluminense)

Richard (Cruzeiro)

Nino Paraíba (América-MG)

Dadá Belmonte (América-MG)

Kevin Lomonaco (Red Bull Bragantino)

Moraes Jr. (Juventude)

Nikolas Farias (Novo Hamburgo)

Jarro Pedroso (Inter de Santa Maria)

Nathan (Grêmio)

Pedrinho (dispensado pelo Athletico-PR)

Bryan García (dispensado pelo Athletico-PR)

Veja as conversas entre jogadores e criminosos envolvidos no escândalo das apostas no futebol

" gallery_id="645bd3ff4b4955f1d90005bc" url_iframe_gallery="esportes.r7.com/futebol/investigacao-aponta-indicios-de-lavagem-de-dinheiro-em-esquema-de-apostas-16052023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.