Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Valencia decide e Internacional avança à semifinal da Libertadores

Colorado vence o Bolívar pela volta das quartas de final; clube espera vencedor de Olimpia e Fluminense para conhecer o adversário

Futebol|Do R7


No Beira-Rio, o Internacional confirmou o favoritismo, bateu o Bolívar por 2 a 0 e está na semifinal da Libertadores. Destaque para o equatoriano Enner Valencia, que anotou os dois gols da partida.

Na próxima fase, o time de Eduardo Coudet mede forças com o vencedor de Olimpia e Fluminense. O tricolor carioca venceu a partida de ida por 2 a 0, no Maracanã.

O jogo

Centroavante equatoriano foi o grande destaque do jogo
Centroavante equatoriano foi o grande destaque do jogo

Se o Bolívar sonhava em complicar o Internacional, o plano mudou radicalmente aos 11 minutos. Assim como em La Paz, a estrela de Enner Valencia brilhou, e o equatoriano completou o cruzamento de Wanderson para abrir o marcador.

Sem inspiração no campo de ataque, o Bolívar deixava espaços aos contra-ataques do Colorado, que por muito pouco não ampliou o marcador com descidas rápidas.

Publicidade

Gás de pimenta

Pouco antes do intervalo, uma confusão do lado de fora do estádio interrompeu o jogo. A polícia lançou gás de pimenta na briga, que entrou no estádio e prejudicou a continuidade do confronto.

Na etapa final, o Inter foi cirúrgico. Mais uma vez, Enner Valencia disparou em velocidade, limpou a marcação na grande área e bateu cruzado, 2 a 0.

Publicidade

A chance de reação do Bolívar veio nos minutos finais com Ronnie Fernández. Na cobrança de pênalti, o atacante parou nas mãos do goleiro Sergio Rochet.

Com o resultado definido, o time comandado por Eduardo Coudet diminuiu o ritmo e, no canto da torcida, esperou o apito final para comemorar.

Ficha técnica

INTERNACIONAL 2 X 0 BOLÍVAR

Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)

Data e hora: 29/8/2023 – 19h

Árbitro: Esteban Ostojich (URU)

Auxiliares: Carlos Barreiro (URU) e Andres Nievas (URU)

VAR: Juan Soto (VEN)

Público e renda: 49.137 presentes/ R$ 1.146.127 

Cartões amarelos: Alan Patrick, Muricio (INT), Bejarano, Nicolás Ferreyra, Ronnie Fernández, Bruno Sávio, Saucedo (BOL)

Cartões vermelhos: /

Gols: Enner Valencia (11’/1ºT) (15’/2ºT)

INTERNACIONAL: Rochet; Bustos, Mallo, Mercado (Nico Hernández, aos 25/2ºT) e Renê; Johnny (Gabriel, aos 29/2ºT), Aránguiz (Bruno Henrique, aos 25/2ºT), Maurício (Carlos de Pena, aos 29/2ºT) e Alan Patrick; Wanderson e Enner Valencia (Luiz Adriano, aos 44/2ºT).

Técnico: Eduardo Coudet

BOLÍVAR: Lampe; Bejarano, Bentaberry, Nicolas Ferreyra e Jesus Sagredo; Justiniano (Ramiro Vaga, aos 18/2ºT), Villamil e Bruno Sávio (Algarañaz, os 25/2ºT); Pato Rodríguez (Saucedo, aos 18/2ºT), Francisco da Costa (Luis Paz, aos 41/2ºT) e Ronnier Fernández.

Técnico: José Beñat

Veja sete curiosidades sobre as decisões da Sul-Americana e da Libertadores

" gallery_id="64ece36c19d224366a000e12" url_iframe_gallery="esportes.r7.com/futebol/internacional-vence-bolivar-avanca-libertadores-29082023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.