Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Inter de Milão vence a Fiorentina de virada e conquista o bi da Copa da Itália

Argentino Lautaro Martínez brilha e time italiano levanta taça duas semanas antes da final da Liga dos Campeões

Futebol|Do R7

Duas semanas antes de decidir a Liga dos Campeões com o Manchester City, a Internazionale conquistou, nesta quarta-feira (24), o bicampeonato da Copa da Itália.

Após sair atrás em duelo com a esforçada Fiorentina, no Estádio Olímpico de Roma, a equipe comandada por Simone Inzaghi venceu a final por 2 a 1, graças a dois gols marcados por Lautaro Martínez, um dos grandes destaques da temporada, e a boas defesas do goleiro Handanovic, que foi escolhido para jogar no lugar de Onana.

Com o segundo título seguido da Copa, a Inter se igualou a Roma como segunda maior vencedora do torneio, com nove taças.

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp

Publicidade

· Compartilhe esta notícia no Telegram

O primeiro lugar é da Juventus, vice-campeã do ano passado, que foi campeã 14 vezes. A equipe de Milão ainda tem dois jogos pela frente no Campeonato Italiano, contra Atalanta e Torino, mas a ansiedade maior é pelo dia 10 de junho, quando será disputada a final da Liga dos Campeões.

Publicidade
Argentino foi o "cara" da final
Argentino foi o "cara" da final Argentino foi o "cara" da final

Com a Inter prestes a disputar uma final europeia na qual o adversário é franco favorito, os torcedores tiveram motivos para se preocupar logo no início da partida.

A Fiorentina abriu o placar com Nico González, que empurrou para dentro, perto da segunda trave, após passe de Ikoné.

Publicidade

No momento do gol, o cronômetro marcava apenas dois minutos de bola rolando.

A Fiorentina dos brasileiros Dodô e Arthur Cabral mostrou-se bem organizada e marcou a saída de bola interista, mas não conseguiu sustentar a estratégia durante todo o primeiro tempo. Assim, aos 28 minutos, Lautaro Martínez recebeu um belo passe de Brozovic e, livre, bateu firme na bola para superar o goleiro Terracciano e empatar a partida.

Pouco depois, aos 36, o argentino conseguiu a virada ao chutar de primeira após cruzamento de Barella.

No segundo tempo, o jogo ficou bastante aberto, com a Fiorentina um pouco mais ativa no campo de ataque. O goleiro Handanovic, de 38 anos, escolhido por Inzaghi para jogar no lugar de Onana, foi essencial para a manutenção do resultado, pois fez ótimas defesas em tentativas de Arhtur Cabral, Jovic e González.

O veterano está na Inter desde 2012 e costuma ser utilizado em partidas pontuais. Como Onana certamente será o titular contra o City, o treinador deu a oportunidade a Handanovic por causa de sua história no clube. Não à toa, ele vestiu a faixa de capitão e ergueu a taça após o apito final.

Veja as homenagens que Vini Jr recebeu do Real Madrid em primeiro jogo após caso de racismo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.