Futebol Inter bate o Botafogo, que termina fora do G-4 do Brasileirão

Inter bate o Botafogo, que termina fora do G-4 do Brasileirão

Valencia, Alan Patrick e Pedro Henrique marcaram na vitória colorada por 3 a 1 no Beira-Rio

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Valencia marca mais um e se despede do Brasileirão como artilheiro do Inter

Valencia marca mais um e se despede do Brasileirão como artilheiro do Inter

Diego Vara/Reuters - 06.12.2023

Internacional venceu o Botafogo por 3 a 1, na despedida frente a sua torcida, no gigante da Beira-Rio,  em confronto válido pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro de 2023.

Os gols do Colorado foram marcados por Enner Valencia, Alan Patrick e Pedro Henrique. Janderson descontou para o Glorioso. O Internacional concluiu sua participação no Brasileirão com 55 pontos, ficando na 9ª posição. Já o Botafogo, após sonhar com o título durante boa parte do campeonato, amargou a 5ª colocação, com 64 pontos.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu Whatsapp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Primeiro tempo de gols anulados e apatia alvinegra

O primeiro gol da partida saiu aos 19 minutos do primeiro tempo. Após bela jogada pela direita com Bustos, e vacilo de Philipe Sampaio, na primeira oportunidade que sobrou em seu pé esquerdo, Enner Valencia empurrou para o fundo da rede de Lucas Perri. Este foi o nono gol de Valencia com a camisa do Colorado no Brasileirão, ele que acabaria sendo substituido ainda na primeira etapa, após lesionar-se em um choque o a zaga botafoguense.

Após o gol, muita apatia por parte do glorioso, desde o banco de reservas, a torcida presente no gigante da Beira-Rio aos jogadores em campo. Essa apatia, que se estendeu até o final do primeiro tempo, quase resultou em um segundo gol do Internacional, com Alan Patrick, em lance de impedimento bem marcado pela bandeira Neuza Ines Back.

Logo após o gol anulado do Inter, depois de tabelar com Marlon Freitas, Luis Henrique empataria para o time carioca. Contudo foi marcado o impedimento pelo auxiliar, posteriormente confirmado pelo auxiliar de vídeo. 

Segundo tempo de início agitado e final modorrento

Para a volta do vestiário, o Botafogo se mostrou não apenas mais ativo mas também agressivo, empatando a partida logo no começo da etapa final com Janderson. Após desvio da defesa colorada, Marlon Freitas fica com a sobra e cruza para o jovem centroavante alvinegro deixar tudo igual.

Contudo, menos de quatro minutos depois, após saída de bola displicente de Lucas Perri, Pedro Henrique encontrou Alan Patrick que tornou a colocar o Inter na frente no marcador, com um golaço.

Não deu nem tempo do Glorioso se recompor, três minutos depois do segundo gol, aos sete da segunda etapa, Pedro Henrique disparou e chutou firme no canto direito da meta alvinegra, 3 a 1 para o time gaúcho. 

O time gaúcho seguiu controlando o jogo, sem enfrentar muita objeção por parte do Glorioso, que já parecia derrotado mesmo antes do apito final. Os comandados de Eduardo Coudet concluem o campeonato em alta, com quatro vitórias seguidas.

O Botafogo por sua vez, não apenas não se classificou para a fase de grupos da Libertadores, tendo que passar pela pré-Libertadores em 2024, como também termina o returno com 10 jogos sem vitórias. Final de ano bem diferente do que o torcedor alvinegro sonhava por boa parte do primeiro turno do campeonato. 

INTERNACIONAL 3 x 1 BOTAFOGO

Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data e horário: quarta-feira (6), às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (Fifa-SP)
Auxiliares: Neuza Ines Back (Fifa-SP) e Alex Ang Ribeiro (Fifa--SP)
Árbitro de vídeo: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (Fifa-SP)

Gols: Enner Valencia, aos 19'/1T, Alan Patrick, aos 4'/2T e Pedro Henrique 7'/2T (Internacional), Janderson, ao 1'/2T (Botafogo)
Cartões amarelos: Danilo Barbosa, Matheus Nascimento (Botafogo), Pedro Henrique (Internacional)

INTERNACIONAL: Rochet; Bustos, Igor Gomes, Mercado e Renê; Aránguiz (Thauan Lara), Bruno Henrique, Mauricio (Gabriel) e Gabriel Barros (Johnny); Alan Patrick (Luiz Adriano), Enner Valencia (Pedro Henrique). Técnico: Eduardo Coudet

BOTAFOGO: Lucas Perri; Tchê Tchê, Philipe Sampaio, Victor Cuesta, Hugo; Danilo Barbosa, Marlon Freitas (Tiquinho Soares), Eduardo (JP Galvão); Carlos Alberto (Junior Santos), Janderson (Matheus Nascimento) e Luis Henrique (Victor Sá). Técnico: Tiago Nunes

De público recorde a vantagem histórica: veja sete motivos que tornam o Brasileirão 2023 especial

Últimas