Futebol Inglaterra bate Dinamarca na prorrogação e fará final com a Itália

Inglaterra bate Dinamarca na prorrogação e fará final com a Itália

Com mais um gol do artilheiro Kane, ingleses conseguem a virada e disputarão a decisão, em busca de seu primeiro título de Eurocopa

  • Futebol | Felippe Scozzafave, do R7

Inglaterra conseguiu a virada contra a Dinamarca para se garantir na final

Inglaterra conseguiu a virada contra a Dinamarca para se garantir na final

Laurence Griffiths/EFE 07.07.21

 A final da Eurocopa será um grande clássico entre Itália e Inglaterra, que nesta quarta-feira (7) eliminou a Dinamarca ao vencer por 2 a 1, na prorrogação, em Wembley, e se garantiu na decisão do próximo domingo graças a gols de Kjaer, contra, e Harry Kane, já no tempo extra.

Enquanto os italianos buscam o bicampeonato, os ingleses seguem atrás de seu primeiro título de Euro. A seu favor, terão a maioria da torcida, já que atuarão em casa, novamente no histórico estádio em Londres.

E a Inglaterra teve que correr atrás, já que a Dinamarca abriu o placar aos 29 do primeiro tempo, em cobrança de falta de Damsgaard, finalmente quebrando a invencibilidade de Pickford, goleiro inglês que não havia levado nenhum gol na Euro. Ele, inclusive, falhou no lance.

Damsgaard fez um golaço de falta

Damsgaard fez um golaço de falta

Justin Tallis/EFE 07.07.21

Porém, a vantagem dinamarquesa durou pouco. Aos 38, o centroavante Kane recuou para o meio e deu lindo passe para Saka, que cruzou para a área procurando Sterling. O zagueiro Kjaer chegou antes e, ao tentar afastar, acabou marcando contra.

Na segunda etapa, os ingleses atacaram mais, buscando a virada. Aos 9, Maguire cabeceou e Schmeichel defendeu. Aos 27, o goleiro voltou a brilhar. E já nos acréscimos, Kane ajeitou para Phillips, que isolou, mandando a partida para a prorrogação.

No tempo extra, finalmente a virada veio. Já no fim do primeiro tempo, Sterling supostamente foi derrubado dentro da área e o árbitro marcou pênalti, confirmado pelo VAR. Kane foi para a cobrança e Schmeichel pegou, mas, no rebote, o artilheiro fez o seu quarto gol na Euro. Ele, que não fez nenhum gol na fase de grupos, marcou em todos os jogos de mata-mata.

Na segunda etapa, a Dinamarca tentou reagir. E chegou perto, em chute de Braithwaite, mas não evitou a eliminação.

Fora da Euro, CR7 curte férias em seu iate de mais de R$ 50 milhões

Últimas