Futebol Hope Solo, ex-estrela do futebol dos EUA, é processada por dirigir embriagada

Hope Solo, ex-estrela do futebol dos EUA, é processada por dirigir embriagada

Ex-goleira da seleção americana chegou a ser presa, mas foi liberada na sequência

  • Futebol | Do R7

Hope Solo em foto de 2014, quando ainda era jogadora em atividade

Hope Solo em foto de 2014, quando ainda era jogadora em atividade

Marc SEROTA/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP - 08.02.2014

A ex-estrela americana do futebol feminino Hope Solo foi presa sob a acusação de dirigir sob a influência de álcool, resistir à prisão e pôr crianças em perigo, informou a polícia da cidade de Winston-Salem, na Carolina do Norte, nesta sexta-feira (1º).

A ex-goleira foi presa na quinta-feira (31) no estacionamento de uma loja de departamentos em Winston-Salem, quando estava em seu carro com os dois filhos pequenos, explicou uma porta-voz da polícia ao The Washington Post.

Levada para uma prisão local, Solo, de 40 anos, recebeu a acusação e foi liberada.

De acordo com a WGHP, uma rede de televisão de Winston-Salem, documentos judiciais informam que um transeunte observou Solo "desmaiada ao volante" por mais de uma hora com o motor ligado e duas crianças no banco de trás.

Em sua conta no Instagram, Solo publicou uma declaração de seu advogado nesta sexta-feira em que garante que em breve se defenderá dessas acusações.

"A conselho do advogado, Hope Solo não pode falar sobre essa situação, mas ela quer que todos saibam que seus filhos são sua vida, que ela foi liberada imediatamente e agora está em casa com a família", disse seu advogado, Rich Nichols.

"A história é mais compreensível do que as acusações iniciais sugerem e ela aguarda sua oportunidade para se defender", concluiu o texto.

Solo e o marido, Jerramy Stevens, ex-jogador de futebol americano, tem filhos gêmeos, de 2 anos.

A ex-goleira, que se aposentou em 2016 após 202 partidas com a seleção americana, foi peça-chave na equipe que conquistou o ouro olímpico em 2008 e 2012 e a Copa do Mundo de 2015.

Reencontro após 6 a 0 e mão na bola salvadora: as curiosidades dos grupos da Copa do Mundo de 2022

Últimas