Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Herança de Pelé: Rei deixa 30% dos bens para viúva, e suposta filha é citada em testamento

Advogado de Márcia Aoki diz que não há clima para litígio na família e que o processo pode ser resolvido em poucos meses

Futebol|

Pelé deixou 30% dos bens para a viúva, Márcia Aoki
Pelé deixou 30% dos bens para a viúva, Márcia Aoki Pelé deixou 30% dos bens para a viúva, Márcia Aoki

O processo de partilha da herança de Pelé começa a andar pouco mais de dois meses após a morte do Rei do Futebol, vítima de um câncer no cólon, aos 82 anos. Márcia Aoki, viúva do Atleta do Século, foi contemplada no testamento com 30% dos bens deixados por Pelé, incluindo uma casa no Guarujá, onde o casal costumava passar as férias. Segundo entrevista do Estadão com o advogado Luiz Kignel, sócio do escritório PLKC Advogados, contratado pela viúva para representá-la na ação, não há clima para litígio entre os familiares e o processo pode ser resolvido em poucos meses.

Apesar de ter uma fortuna estimada em U$ 15 milhões, cerca de R$ 78,1 milhões atualmente — segundo a revista Forbes —, apenas após os ritos legais será possível descobrir o valor exato do montante deixado por Pelé. O processo corre na 2ª Vara da Família e Sucessões do Foro de Santos. Márcia Aoki vai decidir nesta semana se será a responsável pelo inventário. Caso contrário, Edinho, filho de Pelé, poderá ser a pessoa incumbida do processo.

O obstáculo para o início do levantamento de informações para o inventário é a possibilidade de Pelé ter mais uma filha como herdeira — o fato é citado pelo próprio Rei no testamento. Edson Arantes do Nascimento respondia na Justiça a uma ação de paternidade movida por Maria do Socorro Azevedo, que é representada pela Defensoria Pública de São Paulo e alega ser sua filha, tornando-a também herdeira legítima.

Segundo o advogado de Márcia, o exame de DNA só não ocorreu porque Pelé estava debilitado e mal saía de casa nos meses antecedentes à sua morte. Agora, cabe aos filhos decidir se vão ou não fazer o teste. 

Paulistão é sucesso de público e atrai mais de 1 milhão de torcedores só na primeira fase

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.