Futebol Guerrero é aconselhado a não jogar nem as 'peladas' de fim de ano

Guerrero é aconselhado a não jogar nem as 'peladas' de fim de ano

Atacante está suspenso por doping  até abril de 2019 e tinha recebido convites para partida beneficente de D´Alessandro e despedida de Emerson Sheik

guerrero fora de peladas

Impossibilitado de jogar e treinar, Guerrero está no Peru com a família

Impossibilitado de jogar e treinar, Guerrero está no Peru com a família

Reprodução Instagram

O drama de Paolo Guerrero e sua suspensão por doping parece não ter fim. O atacante do Internacional foi convidado para participar de uma partida beneficente de D'Alessandro, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, no dia 16 de dezembro. Mas, na última quarta-feira, a Wada, Agência Internacional Antidoping, aconselhou que o atleta não jogue.

Guerrero consultou a entidade para evitar que sua pena seja aumentada, por descumprimento da punição. O órgão sugeriu que o peruano não participe, uma vez que não vê distinção entre jogos oficiais e não-oficiais.

Além do jogo de D'Alessandro, o atacante não vai participar da despedida de Emerson Sheik, na próxima sexta-feira (7), no Itaquerão. Juntos, os dois foram fundamentais para a conquista da Libertadores e do Mundial, em 2012, pelo Corinthians.

Lembre o caso

Guerrero foi pego no doping em uma partida entre Peru e Argentina, no dia 5 de outubro de 2017, pelas Eliminatórias da Copa da Rússia. O exame testou positivo para uma substância que é o principal metabólico da cocaína.

Para disputar o Mundial, o atacante conseguiu um efeito suspensivo na suprema corte da Suíça, país onde ele está sendo julgado por ser a sede da Corte Arbitral do Esporte.

Em agosto, ele assinou contrato com o Internacional, mas perdeu o efeito suspensivo e sua punição foi aumentada para 14 meses.

Guerrero estará liberado em abril de 2019, mas o Colorado espera ter autorização para que ele possa para treinar com o time em fevereiro. Atualmente, o atacante vive no Peru e mantém a forma física com profissionais particulares.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook. 

Guerrero jogou em cinco clubes na vida. Lembre a carreira do atacante

    Access log