Goleiro falha feio, mas Oeste reage e supera São Bento de virada na Série B

O Oeste mostrou poder de reação na noite desta terça-feira. Após falha incrível do goleiro Luis Carlos, o time de Barueri encontrou forças para buscar a virada sobre o São Bento, por 2 a 1, na Arena Barueri, pela 24.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Oeste chegou aos 29 pontos e ganhou um fôlego na luta contra o rebaixamento. Já o São Bento continuou dentro da zona da degola, com 23, perdendo grande oportunidade de dormir fora da zona de descenso da tabela.

O jogo começou sem muita criatividade, mas foi Luis Carlos cometer uma grande falha que tudo mudou. Aos nove minutos, Cléber Reis recuou de cabeça. O goleiro deixou a bola passar por debaixo dos seus pés, e facilitou a abertura do marcador por parte do São Bento. A cena lembrou o ex-palmeirense Marcos, que errou o chute que culminou com o gol do Vitória. Na ocasião, o clube baiano venceu por 7 a 2.

Apesar da falha, o time do Oeste não abaixou a cabeça e precisou de três minutos para deixar tudo igual. Em cobrança de falta de Élvis, Fábio subiu sozinho para fazer 1 a 1. Após o empate, foi a vez do São Bento ameaçar. Gerson aproveitou a sobra dentro da área e mandou de voleio para fora. Logo depois, Paulinho Bóia achou Fabio Bahia na marca do pênalti. Com o goleiro batido, o volante tocou por cima.

O Oeste acabou sendo mais eficaz. Aos 45 minutos, em nova cobrança de falta de Élvis, Cléber Reis deu um leve desvio para tirar de Renan Rocha e confirmar a virada. O gol no fim evitou qualquer tipo de reação do São Bento ainda na primeira etapa.

O ritmo do segundo tempo foi mais lento, mas o Oeste continuou usando a bola parada para ameaçar o rival. Logo aos dois minutos, Élvis cobrou escanteio, a defesa do São Bento falhou, e Égon, no susto, jogou para fora.

Aos poucos, o time sorocabano começou a controlar o jogo e saiu na pressão. O Oeste, por outro lado, conseguiu segurar a partida e acabou administrando o resultado. A última chance da equipe visitante veio com Caio Rangel, que exigiu grande defesa do goleiro Luis Carlos.

Na próxima rodada, o Oeste enfrenta o Paraná no sábado, às 19 horas, na Arena Barueri. No mesmo dia, às 21h, o São Bento visita o CRB no Rei Pelé, em Maceió.

FICHA TÉCNICA

OESTE 2 X 1 SÃO BENTO

OESTE - Luis Carlos; Betinho, Cléber Reis, Égon e Alyson; Matheus Jussa, Thiaguinho, Bruno Lopes (Mazinho), Elvis (Gustavo Silva) e Roberto (Bonilha); Fábio. Técnico: Renan Freitas.

SÃO BENTO - Renan Rocha; Marcos Martins, Joílson, Gerson e Guilherme Romão; Fábio Bahia (Minho), Dudu Vieira (Fernandes) e Paulinho; Rodolfo, Paulinho Bóia (Caio Rangel) e Zé Roberto. Técnico: Milton Mendes.

GOLS - Cléber Reis (contra), aos nove, e aos 45 do primeiro tempo; Fábio, aos 12 do segundo.

ÁRBITRO - Vinícius Furlan (SP).

CARTÕES AMARELOS - Betinho, Elvis, Matheus Jussa e Thiaguinho (Oeste); Dudu Vieira, Paulinho Bóia e Rodolfo (São Bento).

RENDA - R$ 14.940,00.

PÚBLICO - 916 pagantes.

LOCAL - Arena Barueri, em Barueri (SP).