Futebol Goleiro da Argentina tenta tirar cassetete de policial durante confusão; assista

Goleiro da Argentina tenta tirar cassetete de policial durante confusão; assista

Dibu Martínez escalou mureta da arquibancada para ajudar torcedor; partida atrasou em quase meia hora

  • Futebol | Do R7

Dibu Martínez durante a confusão no Maracanã

Dibu Martínez durante a confusão no Maracanã

Ricardo Moraes/Reuters - 21/11/2023

A partida entre o Brasil e a Argentina teve início adiado em quase meia hora nesta terça-feira (21) devido a uma pancadaria generalizada nas arquibancadas do setor sul do estádio do Maracanã.

Em dado momento da confusão, jogadores das duas seleções se dirigiram para perto das cenas de violência para tentar acalmar os ânimos.

Um dos mais revoltados com a situação era o goleiro da seleção argentina, Dibu Martínez, que escalou a mureta da arquibancada e tentou segurar o cassetete de um policial militar, que tentava afastar um dos torcedores argentinos da confusão.

O agente se desequilibrou com o contato do goleiro, e outros seguranças do Maracanã o empurraram de volta e pediram calma. O goleiro reserva da seleção, Franco Armani, teve que segurar o companheiro e tentou acalmá-lo.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Após as cenas de violência, jogadores da seleção argentina, capitaneados por Lionel Messi, deixaram o campo de jogo e voltaram aos vestiários. Do lado albiceleste, cogitou-se até mesmo o pedido de suspensão da partida, segundo a fala de alguns atletas.

A confusão atrasou o início da partida, válida pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo, em 28 minutos. O jogo, que deveria ser iniciado às 21h30 (de Brasília), começou às 21h58.

Veja fotos da briga generalizada entre brasileiros e argentinos no Maracanã

Últimas