Seleção brasileira

Futebol Pancadaria entre torcedores atrasa início da partida entre Brasil e Argentina

Pancadaria entre torcedores atrasa início da partida entre Brasil e Argentina

Jogadores da seleção argentina deixaram o campo de jogo após confusão nas arquibancadas do Maracanã

  • Futebol | Do R7

Confusão generalizada nas arquibancadas do Maracanã

Confusão generalizada nas arquibancadas do Maracanã

REUTERS/Sergio Moraes - 21.11.2023

O início da partida entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias Sul-Americanas foi atrasado graças a uma pancadaria generalizada no setor sul do Maracanã, que envolveu torcedores brasileiros, argentinos e as forças de segurança.

A partida, que deveria começar às 21h30 (de Brasília), teve início apenas às 21h58, com quase meia hora de atraso.

Detalhes da confusão

A confusão começou momentos antes do apito inicial. Durante a execução dos hinos dos dois países, as provocações entre as pessoas das duas torcidas se transformaram em uma grande briga, em meio a outros torcedores comuns.

Ao perceberem a confusão, os jogadores do Brasil e da Argentina correram em direção ao setor do estádio, para tentar cessar os ânimos. Segundo informações, parte do elenco argentino ficou desesperado, já que alguns dos familiares estavam na arquibancada.

Para fugir da violência, alguns torcedores tiveram que entrar em campo.

Capitaneado por Lionel Messi, toda a delegação argentina deixou o campo de jogo e voltou ao vestiário do estádio. Dirigentes da AFA, federação de futebol do país vizinho, incluindo o mandatário Chiqui Tapia, a todo momento conversavam e se dirigiam ao árbitro da partida, Piero Maza (CHI).

Por outro lado, jogadores da seleção brasileira permaneceram no campo de jogo.

Após a situação ser controlada, e as forças de segurança isolarem os torcedores dos dois países, os times fizeram um breve trabalho de aquecimento antes da partida ser iniciada.

Veja fotos da briga generalizada entre brasileiros e argentinos no Maracanã

Últimas