Goleiro Bruno agradece carinho de torcedores do Fla: 'Muito feliz'

Condenado por fazer parte da morte de Eliza Samudio em 2010, jogador esteve em shopping no Rio e foi tietado por alguns rubro-negros

Bruno foi cercado por torcedores do Flamengo, em shopping de Cabo Frio

Bruno foi cercado por torcedores do Flamengo, em shopping de Cabo Frio

Reprodução/Flamengo

Condenado pela morte de Eliza Samudio em 2010, o goleiro Bruno foi tietado por torcedores do Flamengo. Na última segunda-feira (23), enquanto fazia suas compras de Natal, em um shopping de Cabo frio, no Rio de Janeiro, o atleta utilizou sua conta no Instagram para agradecer o carinho dos fãs.

"Queria agradecer a receptividade, carinho de todos ! Me senti muito amado, querido, acolhido e muito feliz!!! Que Deus possa abençoar a cada pessoa que veio até mim hoje, que pediu uma foto, autógrafo, ou que simplesmente veio apertar a minha mão, me desejar sorte, me parabenizar pelo meu recomeço!", publicou o jogador.

Além de ser "tietado" pessoalmente, muitos torcedores também enviaram mensagem de apoio para o goleiro.

Neste ano, Bruno foi contratado pelo Poços de Caldas, de Minas Gerais. No entanto, não teve sequência. O goleiro rescindiu contrato com o clube. De acordo com o presidente do clube, Paulo César, o contrato não era viável para nenhuma das partes envolvidas. Segundo ele, Bruno disputou apenas 45 minutos com a camisa do time e tinha um salário incompatível com a realidade do Poços de Caldas. Por outro lado, Paulo César confessou que os salários do goleiro também estavam atrasados.

Jean é mais um na lista de jogadores acusados de agredir mulheres