Campeonato Brasileiro

Futebol Gol contra no último lance garante empate ao Botafogo

Gol contra no último lance garante empate ao Botafogo

Glorioso perdia do Atlético-GO com frangaço de Diego Loureiro, mas gol contra de Leandro Barcia nos acréscimos garantiu o 1 a 1

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Airton, do Atlético-GO, encarando a marcação de Daniel Borges, do Botafogo

Airton, do Atlético-GO, encarando a marcação de Daniel Borges, do Botafogo

Bruno Corsino / Atlético-GO

Em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, na noite deste domingo (24), no Antônio Accioly, em Goiânia, Atlético-GO e Botafogo empataram em 1 a 1. Os gols do confronto foram marcados por jogadores do Dragão: Marlon Freitas abriu o placar para os donos da casa logo nos primeiros minutos do 2º tempo e Leandro Barcia fez, contra, nos acréscimos.

Com o resultado, o Botafogo chegou a quatro pontos na tabela de classificação e o Atlético-GO ficou com dois, dentro da zona de rebaixamento.

Próximos jogos

O Botafogo volta a campo no próximo domingo (01/05), às 11h, no Nilton Santos, contra o algoz histórico Juventude. O Atlético-GO, por sua vez, jogará um dia antes contra o Cuiabá, fora de casa, às 19h. 

O jogo

Vindo de duas vitórias consecutivas fazendo três gols, o Alvinegro Carioca, comandado por Luís Castro, ainda desenvolve sua forma de jogar e quer buscar a competitividade nas primeiras rodadas. Já o Dragão foi a campo para virar a chave no Brasileirão após a goleada sofrida para o RB Bragantino, pelo placar de 4 a 0.

Sem abrir mão do seu jogo, o Botafogo trabalhava muito com a bola no chão e procurando os espaços para jogar. Utilizando muito a faixa central com Luís Oyama até os 20 minutos, o time criava, mas não conseguia furar a defesa da equipe goiana.

Com a partida bem pegada na marcação, os dois times não tiveram tantas oportunidades. Na reta final, Ramon, do Atlético-GO, assustou o Botafogo após cobrança de escanteio, e Gustavo Sauer respondeu com chute travado pelo próprio zagueiro do Dragão. O primeiro tempo foi encerrado com o placar em 0 a 0.

Na volta para a segunda etapa, na casa dos seis minutos, o primeiro golpe do time da casa. Após saída errada pelo meio, Marlon Freitas arriscou de longe e Diego Loureiro errou o encaixe da bola, que passou entre suas pernas. Um frangaço! Atlético-GO 1 a 0.

O Botafogo foi tentando responder, tinha dificuldade com a troca de passes, e chegou a comemorar um pênalti após suposto bloqueio no braço em finalização de Victor Sá. Luiz Flávio de Oliveira, no entanto, foi até o monitor do VAR e anulou a marcação.

Na marca dos 43 minutos, após sobra na área, Chay protegeu, cortou para o meio e finalizou no canto do goleiro Ronaldo. Para mais decepção, o gol foi anulado pela arbitragem por interferência de Diego Gonçalves, que estava em posição irregular.

Controlando o jogo, o Botafogo foi para o famoso "abafa" e contou com a sorte no último minuto. Lançado pela direita, Saravia cruzou para o meio e Leandro Barcia desviou contra a própria meta aos 50 minutos. Tudo igual e Goiânia e apito final da partida. Não havia tempo para mudança no placar.

FICHA TÉCNICA
Atlético-GO 1 x 1 Botafogo
Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO)
Data e hora: domingo (24/4), às 19h
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa / SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse e Alex Ang Ribeiro (ambos de SP)
Cartões amarelos: Edson, Baralhas (Atlético-GO) / Philipe Sampaio (Botafogo)

Gols: Marlon Freitas aos 6'/2ºT (Atlético-GO); Leandro Barcia, contra, aos 50'/2T (Botafogo)

ATLÉTICO-GO: Ronaldo; Dudu, Wanderson, Ramon e Jefferson; Edson (Baralhas), Marlon e Jorginho (Shaylon); Airton (Leandro Barcia), Rato (Rickson), Léo Pereira (Churín). Técnico: Umberto Louzer.

BOTAFOGO: Diego Loureiro; Saravia, Kanu (Victor Cuesta), Philipe Sampaio e Daniel Borges; Luís Oyama (Matheus Nascimento), Lucas Fernandes (Patrick de Paula) e Lucas Piazon (Chay); Victor Sá, Erison e Gustavo Sauer (Diego Gonçalves). Técnico: Luís Castro.

Santos tem 8 jogadores com 26 anos; saiba quem são

Últimas