Gil comemora 200 jogos pelo Corinthians e pede tranquilidade ao elenco

O zagueiro Gil completará 200 jogos pelo Corinthians nesta quarta-feira contra o Independiente Del Valle, na arena em Itaquera, no duelo de ida das semifinais da Copa Sul-Americana. O jogador comentou em entrevista coletiva nesta terça a importância de atingir essa marca, minimizou a queda de rendimento da equipe nas duas últimas rodadas e pediu tranquilidade aos companheiros no confronto decisivo pelo torneio continental.

"Gostoso chegar num clube tão importante como o Corinthians e atingir essa marca. Fui muito bem recebido no primeiro dia, e esse foi um dos motivos para voltar, o ambiente, o dia a dia, funcionários jogadores, comissão. Todos sabem como o clube é. Fico feliz de atingir essa marca e ajudar em campo. Espero que siga por 200, 300, que assim seja", comentou.

O Corinthians vem de dois resultados ruins no Campeonato Brasileiro. Há duas semanas empatou com o Ceará em casa por 2 a 2 e, no último domingo, perdeu para o Fluminense por 1 a 0. "Temos que esquecer os dois resultados, mas sem deixá-los de lado. Acabou o primeiro turno, mas o próximo jogo é importante para o que a gente quer na temporada. Pensamento positivo, a gente não queria empatar com o Ceará e perder para o Fluminense, aconteceu. Mudamos a chave, jogo importante, temos que fazer o resultado em casa sem desesperar", analisou o zagueiro.

Para a partida contra o time equatoriano, Gil voltará a ter a companhia de Manoel ao seu lado, que se recuperou de problema muscular. Outro que também saiu do departamento médico foi o lateral-esquerdo Danilo Avelar. O atacante Clayson também reforça a equipe após cumprir suspensão.

O técnico Fábio Carille não antecipou a escalação mas a tendência é que repita o time dos últimos jogos quando têm todos os titulares à disposição, com Mateus Vital na armação das jogadas e Vagner Love como centroavante. Para Gil, é importante a equipe não se desesperar em busca do gol em casa.

"De qualquer maneira não se vai a lugar nenhum. Num mata-mata sul-americano, se as equipes chegaram, têm qualidade. A outra equipe não é boba. É seguir fazendo o que fazemos quando vencemos e ter mais foco e atenção para não sermos surpreendidos em casa. Vamos melhorar e fazer uma grande partida", afirmou o zagueiro.

O Independiente Del Valle chega pela primeira vez a uma semifinal na Sul-Americana. A equipe equatoriana eliminou nas quartas o Independiente, da Argentina, mas vem de derrota. Vice-líder da competição nacional, perdeu por 2 a 0 para o líder Macará na última quarta-feira e viu a distância para a ponta aumentar ainda mais - agora, oito pontos separam as duas equipes na tabela e classificação (56 a 48).

"Estão na vice-liderança no Equador, temos que nos concentrar. Sabemos a pressão que será lá. Temos que conseguir o quanto antes o resultado aqui. A gente sabe disso tudo. Depois do jogo do Fluminense conversamos no vestiário para estar todo mundo focado."