Futebol Fluminense vence o Millonarios e avança na Libertadores

Fluminense vence o Millonarios e avança na Libertadores

Tricolor dominou na segunda etapa e confirmou a classificação em São Januário; próximo adversário será Olimpia ou Atlético Nacional

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Jhon Arias celebra o segundo gol do Fluminense na vitória sobre o Millonarios

Jhon Arias celebra o segundo gol do Fluminense na vitória sobre o Millonarios

Lucas Merçon / Fluminense

O Fluminense está classificado na Libertadores da América. Na noite desta terça-feira (1), em São Januário, o time carioca venceu o Millonarios (Colômbia) por 2 a 0, com gols de Willian e Jhon Arias. Como havia vencido por 2 a 1 no jogo de ida, semana passada no estádio El Campín, em Bogotá, o Tricolor carimbou a vaga e aguarda por Olimpia (Paraguai) ou Atlético Nacional (Colômbia) na próxima fase.

Com vantagem mínima construída na primeira partida, os comandados de Abel Braga evitaram exposição contra a rápida transição armada pelo técnico Alberto Gamero.

Os primeiros 45 minutos de jogo foram tensos e de poucas chances claras criadas de ambos os lados. Prevaleceu a disputa física na faixa central do gramado, assim como aconteceu na última semana, no El Campín.

Willian Bigode marcou o primeiro gol do Flu no jogo de volta

Willian Bigode marcou o primeiro gol do Flu no jogo de volta

Fluminense FC (01.03.2022)

Com o Fluminense tendo dificuldade na criação de jogadas, já que a trinca de volantes pouco contribuiu para isso, a única chance que arrancou o grito das arquibancadas foi uma finalização do jovem Luiz Henrique praticamente do meio do gramado.

Do outro lado, o Millonarios teve maior posse de bola (56%) e criou três chances, sendo duas com o centroavante Herazo em jogo aéreo e outra com meio-campista Celis, que passou perto da meta defendida por Fábio. Os times desceram para o intervalo com o 0 a 0 no placar.

Na volta para a segunda etapa, o Tricolor ocupou o campo de ataque, dominou a partida e começou a criar suas chances principalmente pelos lados. Assim surgiu o primeiro gol da partida em São Januário.

Aos 15 minutos, Germán Cano recebeu na intermediária e acionou Luiz Henrique. O atacante carregou do lado direito para o centro e achou Calegari entrando sozinho em diagonal. O lateral cruzou na entrada da pequena área, Cano disputou com a zaga e Willian encheu o pé no rebote tirando as chances do goleiro Montero.

Como Alberto Gamero precisava do resultado, promoveu as entradas de Márquez e Gómez, atacantes, nos lugares de Vásquez e Celis, meio-campistas. Com o time aberto, o caminho ficou livre para o Fluminense concretizar a classificação.

Aos 27 minutos, em seu primeiro toque na bola, Jhon Arias recebeu passe açucarado de Yago Felipe entre a zaga do Millonarios e apenas tirou do arqueiro da equipe colombiana.

Jhon Arias toca na saída do goleiro do Millonarios para marcar o segundo gol do Fluminense

Jhon Arias toca na saída do goleiro do Millonarios para marcar o segundo gol do Fluminense

Fluminense FC (01.03.2022)

Abel Braga promoveu logo em seguida as entradas de Martilelli e Pineida, dando nova energia ao time, que controlou bem as ações sem ser assustado pela equipe colombiana, garantindo sua vaga na próxima fase classificatória para a fase de grupos da Libertadores.

Agora, o Fluminense aguarda o desfecho do confronto entre Olimpia (Paraguai) e Atlético Nacional (Colômbia). No primeiro duelo, a equipe paraguaia venceu por 3 a 1 e decidirá a classificação em Medelín. Já classificado para as semifinais do Campeonato Carioca, o Tricolor das Laranjeiras volta a campo no próximo sábado (5), às 16h, contra o Resende, no estádio Raulino de Oliveira.

FICHA TÉCNICA
Fluminense 2 x 0 Millonarios-COL
Local: São Januário, Rio de Janeiro
Data e hora: terça-feira (01/03), às 21h30
Árbitro: Fernando Rapallini (Argentina)
Auxiliares: Juan Belatti e Diego Bonfa (ambos da Argentina)
Gols: Willian 15'/2T e Jhon Arias 27'/2ºT (Fluminense)
Cartões amarelos: Cris Silva e Calegari (Fluminense) / Herazo, Vargas e Márquez (Millonarios)

FLUMINENSE: Fábio; Calegari (Martinelli), Nino, David Braz e Cris Silva; Felipe Melo, Yago Felipe (Ganso) e André; Luiz Henrique (Nathan), Willian (Pineida) e Germán Cano (Jhon Arias). Técnico: Abel Braga.

MILLONARIOS: Álvaro Montero; Felipe Román, Andrés Llinás, Vargas e Bertel; Larry Vásquez (Márquez), Stiven Vega, David Silva e Richard Celis (Carlos Gómez); Daniel Ruiz (Quiñones) e Diego Herazo (Valencia). Técnico: Alberto Gamero.

Fórmula 1 mostra seu desfile de cores e carros inovadores para 2022

Últimas