Futebol Fluminense vence novamente o Vila Nova e avança na Copa do Brasil

Fluminense vence novamente o Vila Nova e avança na Copa do Brasil

Tricolor abriu o placar logo cedo, confirmou o triunfo na segunda etapa e administrou o resultado com o 'estilo Diniz'

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Na noite desta quarta-feira (11), no Serra Dourada, em Goiânia, Vila Nova e Fluminense decidiram uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. Melhor para o Tricolor Carioca, que avançou para a próxima fase ao vencer o duelo pelo placar de 2 a 0. Os gols da partida foram marcados por German Cano e Luiz Henrique.

O confronto, que marcou o retorno do Serra Dourada ao cenário esportivo goiano após quase três anos, contou com grande público nas arquibancadas, festa da torcida local, mas com um balde de água fria jogado pelos cariocas. Após a virada espetacular no primeiro jogo, o Tricolor confirmou seu favoritismo.

German Cano fez o gol que abriu caminho para o Fluminense no Serra Dourada

German Cano fez o gol que abriu caminho para o Fluminense no Serra Dourada

MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE F.C.

O tom da emoção foi dado logo na primeira grande chance do jogo. Aos nove minutos, após cobrança de escanteio, Nino raspou na primeira trave e encontrou German Cano. O argentino, sozinho na entrada da pequena área, completou no canto direito e estufou as redes.

O time goiano não se abalou mesmo saindo atrás do marcador e buscou o ataque ao longo de toda a primeira etapa, chegando a assustar em jogadas aéreas com o experiente volante Ralf e Rafael Donato.

Como tinha vantagem, o Fluminense, naturalmente, abaixou suas linhas e começou a ver o Vila Nova de aproximar de sua área. Pablo Dyego e Arthur Rezende eram os principais articuladores da equipe treinada por Higo Magalhães. Com jogo truncado, o 1 a 0 para o Tricolor persistiu até o fim dos primeiros 45 minutos.

O retorno para a etapa complementar reservou nervosismo dos donos da casa, que chegavam rondando a área da equipe carioca, mas concluindo suas jogadas de maneira desorganizada até os 15 minutos.

E já deixando espaços por buscar o empate cedo, o Vila Nova sofreu o golpe que sacramentou a classificação do Fluminense. Aos 21 minutos, após cruzamento que veio da esquerda, Luiz Henrique apareceu dentro da pequena área para cabecear no canto direito do goleiro Georgemy, abrindo 2 a 0 no marcador.

Aos 30 minutos, Fernando Diniz promoveu alterações para renovar o fôlego do meio-campo e seguir com sua proposta de controle das ações. O Flu ocupava os espaços, não sofria no campo de defesa e só aguardou o apito final de Anderson Daronco para confirmar seu avanço às oitavas de final da Copa do Brasil.

A equipe conhecerá seu próximo adversário em sorteio, que será realizado na sede da CBF ao encerramento da terceira fase.

As duas equipes voltam a campo no próximo sábado (14). O Vila Nova vai ao Maranhão encarar o Sampaio Corrêa, pela sétima rodada da Série B, às 18h30, enquanto o Fluminense jogará um pouco mais tarde, às 21h, contra o Athletico-PR, pela sexta rodada da Série A.

FICHA TÉCNICA
Vila Nova 0 x 2 Fluminense
Local: Estádio Serra Dourada, Goiânia
Data e hora: quarta-feira (11/05), às 21h30
Público? 29.138
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Michael Stanislau (ambos do RS)
Gols: German Cano 9'/1T, Luiz Henrique 21'/2ºT (Fluminense)
Cartões amarelos: Ralf, Arthur Rezende e Pablo (Vila Nova) / Calegari, Wellington e Martinelli (Fluminense)

VILA NOVA: Georgemy; Alex Silva, Renato, Rafael Donato e Willian Formiga; Ralf (Pablo), Athur Rezende, Matheuzinho (Wagner) e Victor Andrade; Pablo Dyego e Rubens (Diego Tavares). Técnico: Higo Magalhães.

FLUMINENSE: Fábio; Samuel Xavier (Calegari), Nino (Luccas Claro), David Braz e Pineida; Wellington (Martinelli), André, Yago Felipe e Nathan; Luiz Henrique (Caio Paulista) e German Cano (Fred). Técnico: Fernando Diniz.

Ex-jogador do Ajax morre após ser espancado pela própria família

Últimas