Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Flu vence Fla nos acréscimos e é finalista da Taça Guanabara

Tricolor marca aos 47 do 2º tempo e vence Fla-Flu adiado pela tragédia no Ninho do Urubu. Vasco será o adversário da decisão do 1º turno carioca

Futebol|Cesar Sacheto, do R7

Flamengo e Fluminense jogaram no Maracanã pela semifinal da Taça Guanabara
Flamengo e Fluminense jogaram no Maracanã pela semifinal da Taça Guanabara Flamengo e Fluminense jogaram no Maracanã pela semifinal da Taça Guanabara

FluminensevenceuoFlamengopor 1 a 0 de forma dramática, com um gol nos acréscimos do segundo tempo, nesta quinta-feira (14), no Maracanã, resultado que garantiu a classificação da equipe para a decisão da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. O meio-campista Luciano foi o autor do gol salvador, pois o time rubro-negro jogava pelo empate

A partida deveria ter sido realizada no sábado passado, mas foi adiada devido ao incêndio no CT Ninho do Urubu, que matou dez atletas e deixou outros três feridos, ocorrida um dia antes.

Inúmeras homenagens emocionaram o público presente ao estádio antes da partida. As arquibancadas estavam repletas de cartazes, faixas, camisas e bandeiras com os nomes dos garotos mortos na tragédia.

Na entrada em campo, os jogadores se abraçaram. Os atletas do Fluminense usavam camisas com os nomes das vítimas. Os rubro-negros tinham os nomes dos meninos às costas.

Publicidade

O clube também ressaltou, em postagem das redes sociais, o minuto de silêncio respeitado pelo passamento dos garotos, do jornalista Ricardo Boechat e da cantora Bibi Ferreira.

Torcedores ilustres

Publicidade

O técnico Tite, da seleção brasileira, acompanhou o clássico das tribunas. O meia Paulo Henrique Ganso, recém-contratado pelo time tricolor das Laranjeiras, também compareceu ao Maracanã.

O jogo

Publicidade

O clássico foi movimentado e tenso desde o início. O Flamengo teve uma ótima chance de abrir o placar, aos 14 minutos, com o atacante Bruno Henrique, mas a zaga do Flu conseguiu realizar o bloqueio.

Aos 29, o zagueiro flamenguista Rhodolfo subiu livre na área e cabeceou com muito perigo, mas o goleiro Rodolfo fez uma excelente defesa e salvou o Fluminense.

Pouco depois, os jogadores do time rubro-negro cercaram o árbitro Rodrigo Carvalhães de Miranda para pedir toque do adversário dentro da área. O VAR foi acionado, mas o pênalti não foi marcado.

Na volta do intervalo, os jogadores das duas equipes demoraram para criar uma boa jogada ofensiva.

Aos 14 minutos, o Fluminense desceu em um contra-ataque muito perigoso que quase culminou em gol. Eram três atacantes contra dois defensores.

O colombiano Yony Gonzáles recebeu o passe, invadiu a grande área pelo lado esquerdo e chutou cruzado. O goleiro Diego Alves salvou o Fla com os pés.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Aos 22 minutos, uma falta de Bruno Henrique em Airton iniciou uma grande confusão entre os jogadores tricolores e rubro-negros. Eles trocaram empurrões, os companheiros tomaram as dores e quase houve uma briga generalizada. O árbitro puniu ambos com o cartão amarelo.

Pouco depois, o Flu teve outra boa chance com Luciano, que recebeu de Yony e chutou rasteiro. A bola passou raspando a trave direita de Diego Alves e correu pelas redes, mas do lado de fora.

Aos 35, Gabigol arrancou em velocidade, encarou dois zagueiros, limpou a marcação, mas bateu fraco, da entrada da área, facilitando a defesa de Rofolfo.

Porém, aos 47 minutos, já nos acréscimos concedidos pela arbitragem, o meio-campista Luciano fez o gol que salvou a equipe tricolor.

Próximo jogo

O Fluminense enfrentará o Vasco na final da Taça Guanabara. O duelo está marcado para o próximo domingo, às 17 horas, no Maracanã.

Homenagens marcam Fla-Flu após tragédia no Ninho do Urubu:

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.