Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Flamengo tem desempenhos opostos em casa e fora; veja números

Sob comando de Sampaoli, Rubro-Negro tem sido uma força como mandante, mas não consegue jogar bem como visitante

Futebol|Do Live Futebol BR

Jorge Sampaoli, técnico do Flamengo
Jorge Sampaoli, técnico do Flamengo Jorge Sampaoli, técnico do Flamengo

A goleada por 4 a 0 sofrida contra o RB Bragantino na última quinta-feira (22) foi mais um exemplo da dificuldade do Flamengo em jogar fora de casa. Durante toda a temporada, com Vítor Pereira, Jorge Sampaoli e até o interino Mário Jorge, o Rubro-Negro tem desempenho muito melhor como mandante do que como visitante.

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp

· Compartilhe esta notícia no Telegram

A derrota para o Bragantino foi a sétima do Fla em 18 jogos como visitante – a equipe também venceu seis e empatou cinco jogos para um aproveitamento de 42,6%. O saldo de gols fora de casa é negativo, com 23 gols marcados e 25 sofridos. Em campo neutro, o Rubro-Negro tem uma vitória e duas derrotas, com nove gols pró e contra.

Publicidade

Leia também

Por comparação, o Flamengo é dominante jogando em casa, com 15 vitórias em 19 jogos, um empate e apenas três derrotas – todas, no entanto, foram em clássicos contra Vasco, Fluminense e Botafogo. Como mandante, o ataque tem mais de dois gols por partida, com 44 (média de 2,3), e menos de um sofrido, com 13 (média de 0,7). O aproveitamento é de 80,7%.

A diferença já era considerável nos primeiros meses da temporada, mas se acentuou desde a chegada de Sampaoli. Com o argentino, o Fla venceu sete dos nove jogos em casa, com um emapte e uma derrota, mas ganhou apenas duas vezes como visitante, com três empates e três derrotas no período.

Publicidade

O Flamengo terá uma boa chance de melhorar o desempenho fora de casa no próximo domingo (25), quando visita o Santos pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além de viver má fase e ter trocado de treinador, o Alvinegro Praiano vai jogar com portões fechados por punição.

Abel poderia comprar o Cruzeiro de Ronaldo e o próprio CR7 com salário que receberia no Al-Hilal

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.