Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Fla vence o Joinville e dorme fora da zona da degola

Emerson Sheik marca aos 10 do segundo tempo e garante o triunfo rubro-negro no Sul

Futebol|Do R7

Zagueiro Wallace protege a bola no jogo do Fla contra o Joinville
Zagueiro Wallace protege a bola no jogo do Fla contra o Joinville Zagueiro Wallace protege a bola no jogo do Fla contra o Joinville

Um fato raro nos últimos tempos, principalmente no atual Brasileiro, que a torcida rubro-negra espera que se torne comum: o Flamengo, liderado por Emerson, autor do gol e melhor em campo, jogando um futebol razoável, e muito mais importante, brigando para valer pela vitória de 1 a 0. Foi sobre o lanterninha Joinville, mas valeu a luta que livrou o Rubro-Negro provisoriamente do Z-4.

Classificação e jogos

O Flamengo viveu um inferno astral nos primeiros 10 minutos. Aos cinco, Samir saiu machucado, substituído por Marcelo, que aos sete quase faz gol, obrigando César a se esforçar para ceder o escanteio, que Douglas Silva aproveitou, cabeceando para Ayrton evitar o pior, em cima da linha. Ufa! Mas o time carioca entrou no jogo, que permaneceu equilibrado, mas sem emoções, dado que a bola apanhou muito, embora não faltasse disposição.

O Flamengo, na realidade, também só teve uma grande oportunidade, aos 20, quando Marcelo Cirino, sem marcação, chutou nas mãos de Agenor. Um registro: Guti praticou falta violenta em Emerson e o árbitro se limitou a mostrar o cartão amarelo. Vida que segue.

Publicidade

O Joinville voltou do intervalo com Niltinho e Marcelinho Paraíba, e mudanças táticas, cujo objetivo era tornar a equipe efetivamente ofensiva. Logo, deu mais espaço ao adversário, que tratou de explorá-lo. Ao contrário do que ocorrera no começo da partida, o time da Gávea criou duas chances evidentes. Na primeira, Gabriel bateu fraco, para defesa do goleiro.

Na segunda delas, porém, aos 10 minutos, Éverton cruzou, Gabriel aparou e rolou para Emerson escorar de pé direito: 1 a 0. Com a vantagem, o Flamengo recuou estrategicamente, para atrair os catarinenses, o que ocorreu, e tentar liquidar nos contra-ataques. Assim, o Joinville costurava, tentando furar o bloqueio do rival, sem produzir nada de útil.

Publicidade

Com marcação eficiente, e aos chutões no fim, a equipe do Rio conseguiu enfim somar mais três pontos.

Experimente grátis: todos os programas da Record na íntegra no R7 Play

Publicidade

Acompanhe a página de Esportes do R7

FICHA TÉCNICA

JOINVILLE 0 X 1 FLAMENGO

Local: Arena Joinville, Joinville (SC)

Data: 1 de julho de 2015 (quarta-feira)

Horário: 22h (de Brasília)

Renda: R$ 426.230,00

Público: 15.728 pagantes

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Marcelo Bertanha Barison (RS)

Cartões amarelos: Anselmo, Guti e Douglas Silva (Joi); Jonas e Canteros (Fla)

Cartões vermelhos:

Gols: Emerson (10'/2ºT - 0-1)

JOINVILLE: Agenor; Dankler, Guti (Niltinho, intervalo), Douglas Silva e Diego; Anselmo, Mário Sérgio, Danrlei (Marcelinho Paraíba, intervalo) e Willian Popp; Kempes e Lucas Crispim - Téc. Adilson Baptista.

FLAMENGO: Cesar; Ayrton, Wallace, Samir (Marcelo, 4'/1ºT) e Jorge; Jonas (Márcio Araújo, 18'/2ºT), Canteros, Everton e Gabriel; Marcelo Cirino (Paulinho, 41'/2ºT) e Emerson Sheik - Téc. Cristovão Borges.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.