Libertadores

Futebol Fla vence no Maracanã com público e vai com vantagem para o Equador

Fla vence no Maracanã com público e vai com vantagem para o Equador

Bruno Henrique fez dois gols em jogo que também marcou a estreia de David Luiz pelo Flamengo, na semifinal da Libertadores

  • Futebol | Kaique Dalapola, do R7

Bruno Henrique fez os dois gols do Flamengo

Bruno Henrique fez os dois gols do Flamengo

WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO

Em um bom jogo no Maracanã com público, Bruno Henrique marcou duas vezes e o Flamengo venceu o Barcelona de Guayaquil por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (22), no jogo de ida da semifinal da Copa Libertadores.

Os equatorianos ainda tiveram um jogador expulso no final do primeiro tempo, mas o Flamengo não conseguiu aproveitar a vantagem numérica em campo. No final da segunda etapa, Léo Pereira também foi expulso de campo, após dar cotovelada em um rival.

A partida ainda foi marcada pela estreia de David Luiz com a camisa do time carioca. O zagueiro começou como titular e foi substituído por Léo Pereira aos 12 minutos do segundo tempo.

As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (29), às 21h30, no estádio Monumental de Guayaquil, no Equador. O classificado desse duelo encara o vencedor do confronto entre Atlético-MG e Palmeiras na final da principal competição do continente.

Torcedores foram ao Maracanã, nesta quarta-feira, assistir Flamengo x Barcelona

Torcedores foram ao Maracanã, nesta quarta-feira, assistir Flamengo x Barcelona

WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO

O jogo

O jogo já começou em um ritmo frenético. Nos primeiros minutos, o Flamengo já se posicionou pressionando a saída de bola do Barcelona, e com apenas 3 minutos de jogo Vitinho quase tomou uma bola do goleiro Burrai dentro da pequena área.

Nos minutos seguintes, o Barcelona tentou mostrar que não está na semifinal à toa. Aos 6 minutos, Mastriani bateu de dentro da área, obrigando Diego Alves a fazer uma bela defesa. Menos de cinco minutos depois, novamente o goleiro flamenguista foi obrigado a fazer uma grande defesa para impedir o gol equatoriano.

Mesmo com o Barcelona conseguindo chegar, o Flamengo não recuou. Aos 15 minutos, Everton Ribeiro chutou de fora da área, a bola foi desviada, e Burrai precisou cair para espalmar a bola. Na sequência, a jogada seguiu com Bruno Henrique, que finalizou para fora.

A pressão flamenguista surtiu efeito aos 21 minutos. Gabigol cruzou pelo lado direito do campo, e achou Bruno Henrique dentro da área, que cabeceou firme para abrir o placar no Maracanã.

David Luiz estreou com a camisa do Flamengo

David Luiz estreou com a camisa do Flamengo

ALEXANDRE NETO/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O gol não mudou muito a dinâmica do jogo. O Flamengo continuava no seu estilo conhecido, com o time pressionando a saída de bola e em ritmo intenso no ataque, mas no Barcelona também buscava responder, como aconteceu aos 25 minutos, quando Mastriani deu um bom chute de fora da área e quase empatou.

A dupla responsável pelo primeiro gol do Flamengo quase ampliou o placar aos 33 minutos. Gabigol recebeu na área pelo lado esquerdo, cruzou a bola alta, na cabeça de Bruno Henrique, que mandou no travessão. Três minutos depois, mais uma no travessão: dessa vez após um chute de Andreas Pereira de fora da área.

O Flamengo seguia em ritmo alucinante, e fez o segundo aos 37 minutos. Gabigol passou para Vitinho, que entrou na área e cruzou rasteiro para Bruno Henrique mandou para o gol e ampliar o placar no Maracanã.

Depois que o Flamengo abriu vantagem, os equatorianos sentiram. A situação ficou ainda pior no último minuto do primeiro tempo, Molina fez uma falta forte em Bruno Henrique, e acabou levando o segundo cartão amarelo, sendo expulso de campo. A etapa inicial terminou com 2 a 0.

Mesmo com um a menos, o Barcelona foi quem começou o segundo tempo levando perigo. Com apenas 1 minuto, Diego Alves foi obrigado a fazer uma grande defesa após finalização de Carcelén de dentro da área. 

Os equatorianos seguiram no ataque, na tentativa de diminuir, mas deu espaço para o Flamengo puxar o contra-ataque. Aos 3 minutos, Isla mandou a bola na área, Vitinho cabeceou, e Burrai defendeu com o pé. Na sequência, Andreas Pereira chutou da entrada da área, para fora.

Depois disso, a partida voltou ao ritmo que estava no primeiro tempo, como Flamengo intenso no ataque e conseguindo finalizar em diferentes jogadas construídas pelos seus jogadores de ataque, sobretudo Vitinho, e a dupla Gabigol e Bruno Henrique. Esporadicamente, o Barcelona tentava responder no ataque.

Já nos minutos finais da partida, aos 44 minutos, Léo Pereira deu uma cotovelada no zagueiro equatoriano León, e foi expulso de campo. Com a igualdade númerica em campo, o Barcelona ainda tentou se lançar para frente, nos acréscimos, para diminuir o placar, mas não conseguiu.

Próximo compromisso

Antes de ir para o jogo decisivo contra o Barcelona, no Equador, o Flamengo tem compromisso pelo Campeonato Brasileiro, no domingo (26), contra o América, em Belo Horizonte, em jogo válido pela 22ª rodada. Os equatorianos não têm nenhuma partida antes do jogo de volta contra os brasileiros.

Ficha técnica

FLAMENGO 2x0 BARCELONA-EQU

Data-Hora: 22-09-21 - 21h30 (de Brasília)
Estádio: Maracanã, em Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Andres Cunha (URU)
Assistentes: Richard Trinidad (URU) e Martín Soppi (URU)
VAR: Leodan González (URU)
Renda / Público: R$ 4.062.780.00 / 22.193 ingressos comercializados  (23.083 presentes / 890 gratuidades)

Cartões amarelos: Rodrigo Caio (Fla), Molina, Castillo (BEQ)
Cartões vermelhos: Léo Pereira (FLA) e Molina (BEQ)
Gols: Bruno Henrique, 20/1T (1-0), Bruno Henrique, 37, 1T (2-0)

FLAMENGO: Diego Alves, Isla (Matheuzinho, 35/2T), Rodrigo Caio, David Luiz (Léo Pereira, 12/2T) e Renê; Willian Arão, Andreas Pereira (Pedro, 39/2T), Everton Ribeiro e Vitinho (Thiago Maia, 12/2T); Bruno Henrique (Michael, 35/2T) e Gabigol. Técnico: Renato Gaúcho

BARCELONA: Burrai; Castillo, León, Riveros e Pineida; Molina, Piñatares (López, 49/2T), Adonis Preciado (Perzala, 26/2T), Emmanuel Martínez e Damián Díaz (Carcelén, intervalo); Mastriani (Garcés, 26/2T). Técnico: Fabián Bustos

Confira os jogadores mais bem pagos do mundo em 2021

Últimas