Futebol Finais de estaduais movimentam rivalidade em São Paulo e no Rio

Finais de estaduais movimentam rivalidade em São Paulo e no Rio

Corinthians e São Paulo entram em condições iguais no Itaquerão; no Maracanã, Flamengo, que venceu primeira partida, leva vantagem sobre Vasco

Decisões estaduais

Corinthians x São Paulo está mais equilibrado em relação a Flamengo x Vasco

Corinthians x São Paulo está mais equilibrado em relação a Flamengo x Vasco

Bruno Ulivieri e Jorge Rodrigues/Ag. Estado/14-04-19

Duas grandes rivalidades decidem os campeonatos Paulista e Carioca neste domingo (21). As duas maiores torcidas de São Paulo e do Rio estarão com suas equipes em campo com Corinthians x São Paulo, no Itaquerão; e Flamengo x Vasco, no Maracanã. As duas partidas acontecem às 16 horas (de Brasília).

Corinthians e São Paulo se enfrentam em condições iguais. Um novo empate, resultado que já ocorreu na primeira partida, que terminou 0 a 0, levará a decisão para os pênaltis.

Leia mais: Transparência ou continuidade: o que esperar de Caboclo na CBF?

Pesquisa Lance!/IBOPE, de 2014, apontou o Corinthians na primeira colocação entre as maiores torcidas, com 35,5% no Estado e o São Paulo em segundo, com 17,8 %, acima do Palmeiras, com 13,5 %.

"Como a gente está sofrendo um pouco na questão da construção, então a ideia acaba sendo jogar pelos lados e buscar a área, com bons cabeceadores que a gente tem", disse Carille.

"Temos que melhorar nossa criação também, e isso vem com o trabalho, não tem como em um mês achar que está tudo pronto. Às vezes isso requer um ano, talvez mais que um ano. Tomara que possamos ser campeões, mas tem muita coisa ainda pra andar”, completou Cuca.

São Paulo e Corinthians estão há pelo menos três jogos sem marcar gols. Precisam de uma vitória para resgatar a credibilidade. No Corinthians, o técnico Fábio Carille não tem conseguido colocar em campo uma equipe efetiva no ataque.

O time só vem conseguindo seguir em frente muito em função das grandes atuações do goleiro Cássio, disparado o maior destaque corintiano neste momento.

De resto, o Corinthians tem sido criticado por suas últimas atuações, quando quase não ameaçou o gol adversário. Mas, mesmo pressionado, busca o tricampeonato, que seria um feito na história do clube e o 30º título estadual do alvinegro.

Já o São Paulo, que terá o técnico Cuca comandando o time pela terceira vez desde que assumiu, busca conquistar um estadual após 14 anos.

A última vez que o clube ficou com o Paulista foi em 2005, sob o comando do técnico Leão e ainda com Rogério Ceni como principal ídolo. O São Paulo acumula 21 títulos estaduais em sua história.

Decisão carioca

No Rio, a situação do Flamengo é a mais tranquila. Por ter vencido a primeira partida, no Engenhão, por 2 a 0, pode perder por até um gol de diferença para ficar com o título. Diferentemente da primeira partida, que teve pouco mais de 9 mil presentes, o Maracanã estará lotado na decisão deste domingo.

O técnico Abel Braga, muito criticado até pouco tempo atrás, tem conseguido colocar o Flamengo mais para a frente. O time carioca fez 6 a 1 no San José, no Maracanã, e jogou bem contra o Vasco, na vitória no primeiro jogo.

O Flamengo, que soma 34 conquistas estaduais, não terá seu artilheiro, Bruno Henrique, que está suspenso. Desta maneira, o time deverá ter um quarteto ofensivo baseado em três meias, Diego, Arrascaeta e Everton Ribeiro e um atacante, Gabigol, que retorna após suspensão.

"Acho que a estratégia é repetir o que fizemos no primeiro jogo, ir em busca da vitória desde o primeiro minuto", disse Renê.

"Estamos vindo de dois resultados negativos e nada melhor do que um jogo contra o nosso maior rival para dar a volta por cima. É um jogo importante, uma decisão, e lutamos muito para estar aqui", destacou Werley.

No Vasco, que tem 24 títulos estaduais, o clima é de pressão sobre o técnico Alberto Valentim. Antes da primeira partida, uma crise de vestiário provocou o afastamento do jogador Thiago Galhardo.

Desde então, o time não se encontrou em campo, sendo derrotado pelo Flamengo e, na quarta seguinte, pelo Santos, no jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil, por 2 a 0. Neste sentido, só a conquista do título aliviará a crise que assola equipe vascaína.

No Rio, pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas, de 2017, apontou que Flamengo tinha 45% dos torcedores no Estado. O Vasco ficou em segundo lugar, com cerca de 16%.

Negócio fechado! Veja as contratações do mercado da bola