Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Fernando Diniz detona casos de racismo sofridos na Libertadores: 'Uma vergonha para o país'

Treinador também avaliou a derrota para o clube argentino e lamentou a não classificação antecipada

Futebol|Do Live Futebol BR

Fernando Diniz e Felipe Melo em coletiva de imprensa
Fernando Diniz e Felipe Melo em coletiva de imprensa Fernando Diniz e Felipe Melo em coletiva de imprensa

O Fluminense foi derrotado para o River Plate por 2 a 0 nesta quarta-feira (8) e perdeu a chance de se classificar antecipadamente para a próxima fase da Libertadores. No entanto, mais uma vez casos de racismo por parte dos torcedores argentinos foram notados antes e durante o jogo.

Compartilhe esta notícia no Whatsapp

Compartilhe esta notícia no Telegram

“É lamentável. Não foi só aqui dentro do estádio. Nas ruas também de Buenos Aires. A Conmebol tem que tomar uma atitude com relação a isso. Não pode acontecer. Acontece com muita gente, não é um ou outro. São muitos. Estamos vivendo no mundo que é todo mundo irmão. Só serve quem tem linhagem europeia? Isso é uma vergonha para o país, para a cidade, para o clube”, criticou Fernando Diniz, técnico do Fluminense.

Continua após a publicidade

“Permitir que torcedores como esses... isso não são torcedores, deviam estar presos. Isso tem que ser crime. E o futebol mundialmente e aqui na América do Sul a Conmebol tem que tomar providências. Porque é só pegar a câmera do estádio e ver que foram vários imitando macaco. Vários. E achando que isso é bonito”, completou.

Leia também

Dentro de campo, o Fluminense encontrou dificuldade, visto que o River desde o primeiro momento pressionou bastante o adversário e buscou os dois gols da vitória.

Continua após a publicidade

“Foi um jogo difícil. O River soube pressionar a gente, tivemos nossas chances. Sabíamos que o jogo seria difícil. Poderíamos ter um pouco mais de contundência no jogo. Depois que tomamos o gol, fomos melhores na partida até o fim do jogo. Tivemos a nossa chance para fazer, tivemos lance duvidoso de pênalti. Sabíamos que o jogo seria difícil, mas a equipe lutou. Poderíamos ter tido um pouco mais de controle, mas assim o River soube marcar, soube pressionar alto”, analisou o treinador.

Com a derrota, o Fluminense joga valendo a vaga contra o Sporting Cristal no dia 27 de junho, às 21h (de Brasília), no estádio do Maracanã.

Zoação liberada após eliminação do Corinthians na Libertadores; veja os memes

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.