Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Federação Espanhola falsificou declaração de jogadora beijada à força por Luis Rubiales, diz site

A RFEF marcou com 'urgência' uma reunião para discutir as possíveis ações contra o mandatário; Hermoso se recusou a gravar um vídeo de desculpas ao lado dele

Futebol|Do R7

Luis Rubiales durante encontro da seleção com o primeiro-ministro espanhol
Luis Rubiales durante encontro da seleção com o primeiro-ministro espanhol Luis Rubiales durante encontro da seleção com o primeiro-ministro espanhol

Novas revelações feitas pela imprensa espanhola pioraram ainda mais a situação do presidente da RFEF (Real Federação Espanhola de Futebol), Luis Rubiales, que balança no cargo após ter forçado um beijo na jogadora Jenni Hermoso, durante as comemorações do título da Copa do Mundo Feminina.

Segundo o site Relevo, o mandatário da federação teria suplicado à jogadora que participasse ao lado dele de um vídeo público de desculpas, para amenizar a situação. Ele teria dito que seu cargo estava em jogo e apelou para a boa relação entre as partes para convencê-la a aceitar.

A jogadora do Pachuca negou o pedido. Durante uma transmissão ao vivo, feita no vestiário do Accor Stadium, palco da final do mundial, após La Furia vencer as inglesas na decisão, Hermoso fez um breve comentário sobre o beijo de Rubiales. “Não gostei, mas vou fazer o quê?”, disse.

Sozinho em cena, Rubiales gravou um vídeo no aeroporto de Doha, no Catar, durante uma escala do voo de volta das campeãs, no qual se desculpou pelos seus atos, mas também minimizou a situação, classificando-a como algo feito “sem má-fé”.

Publicidade

"Foi um feito histórico para o futebol espanhol. Mas também há um fato que tenho de lamentar, que é o que se passou entre mim e uma jogadora. Há uma relação magnífica entre nós, assim como com as outras, mas, com certeza, me enganei. Tenho de admitir, porque foi em um momento de máxima efusividade, sem más intenções, sem má-fé. O que aconteceu foi muito espontâneo, sem má-fé de nenhuma das partes", declarou o presidente no vídeo, divulgado pela RFEF.

No mesmo dia, a federação publicou um pronunciamento escrito da jogadora, em que ela também punha panos quentes na situação. “Foi um gesto mútuo, totalmente espontâneo, pela alegria de termos ganhado um Mundial. O presidente e eu temos uma grande relação, seu comportamento com o grupo foi ótimo, e foi um gesto natural de carinho.”

Publicidade

No entanto, segundo o site, a declaração não foi feita por Jenni Hermoso, e sim pelo departamento de comunicação da federação espanhola, em termos diferentes dos que ela imaginou.

O primeiro-ministro do país, Pedro Sánchez, disse nesta terça-feira (22), durante uma coletiva de imprensa, que o beijo de Rubiales foi “um gesto inaceitável”, embora não tenha mencionado se ele deve renunciar ao cargo.

Publicidade

"Também acredito que as desculpas que o senhor Rubiales deu não são suficientes, acho até mesmo que não são adequadas, e que, portanto, ele deve continuar tomando medidas", afirmou, sem mencionar uma possível renúncia.

Em um comunicado divulgado na tarde desta terça, a RFEF anunciou uma assembleia-geral, marcada para a próxima sexta-feira (25), com “caráter de urgência”, para discutir o fato. Além disso, a federação diz ter iniciado protocolos internos de investigação contra o mandatário.

Além de beijar campeã da Copa, dirigente teria roubado dinheiro para festa; conheça Luis Rubiales

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.