Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Favorito para assumir a seleção brasileira, Ancelotti afirma: 'ninguém sabe o futuro'

Técnico italiano pretende cumprir contrato com o Real Madrid, que vai até 2024, antes de tomar qualquer decisão 

Futebol|

Ancelotti é um dos nomes cotados para assumir a seleção brasileira
Ancelotti é um dos nomes cotados para assumir a seleção brasileira Ancelotti é um dos nomes cotados para assumir a seleção brasileira

O treinador italiano do Real Madrid, Carlo Ancelotti, manifestou-se este sábado (1) entusiasmado com o interesse da equipe brasileira em contar com os seus serviços, embora tenha afirmado que quer respeitar o seu contrato com o clube alvinegro.

"Cada um pode expressar o que quiser e aí é a realidade. No meu caso é bem simples, tenho um contrato e quero cumprir o contrato, porque gosto do Real Madrid, gosto deste clube e tudo o que posso passar depois, o meu contrato, é o futuro, e ninguém sabe o futuro", afirmou Ancelotti na conferência de imprensa anterior ao duelo com o Valladolid, da LaLiga.

Ancelotti, que tem em contrato esta temporada e mais uma, até 2024, voltou a referir-se ao seu compromisso com a equipa espanhola.

"A realidade é que a Seleção Brasileira me ama, eu amo isso, e isso me dá muita esperança. Depois tem que respeitar o contrato, um contrato que eu quero cumprir", insistiu.

Publicidade

O treinador italiano voltou a insistir que continuará no Real Madrid enquanto o clube espanhol o permitir.

"O assunto é bastante simples, não me surpreende que existam esses rumores, mas tudo isso não me preocupa. O que me preocupa no momento é cumprir com este clube, com esta equipe. Está tudo bem claro, ainda estou aqui até que o Madrid me permita continuar aqui", disse ele.

Publicidade

"Percebo muito carinho do presidente, da torcida, dos jogadores, o ambiente é muito tranquilo ao meu redor, e eu também estou muito tranquilo, temos dois meses e meio para tentar conquistar dois títulos", disse.

Questionado se teria uma reunião com o presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ednaldo Rodrigues, Ancelotti indicou que não teria problemas em recebê-lo.

Publicidade

"Não o conheço. Se ele quiser falar comigo, adoraria conhecê-lo e dizer olá", disse.

Depois de iniciar esta segunda fase como treinador do Real Madrid, Ancelotti disse que o clube blanco seria a sua última experiência como treinador e que, uma vez terminada a sua relação com a entidade espanhola ele iria se aposentar.

Questionado se mantém a mesma postura de deixar o futebol após a experiência com o branco, o técnico já não foi tão enfático.

"Não", ele apontou. "Vamos ver", continuou.

Salário de Daniel Alves poderia resolver um problema que dura oito anos no São Paulo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.