Futebol Fãs invadem estádio e protestam contra donos do Manchester United

Fãs invadem estádio e protestam contra donos do Manchester United

Centenas de torcedores se reuniram na porta da arena, venceram a barreira policial e invadiram o gramado do estádio

Agência Estado - Esportes
Torcedores se reuniram, sem distanciamento social, na porta e invadiram a arena

Torcedores se reuniram, sem distanciamento social, na porta e invadiram a arena

Carl Recine/Reuters - 02.05.2021

Pouco antes de a bolar rolar para o clássico contra o Liverpool, que pode decretar o título do Manchester City, um grupo grande de torcedores invadiu o estádio Old Trafford para protestar neste domingo (2) contra os irmãos Glazers, donos do Manchester United.

Centenas de torcedores se reuniram na porta da arena em Manchester, depois conseguiram vencer a barreira policial e invadiram o gramado do estádio. Eles exibiram faixas e cartazes pedindo a saída da família Glazer do comando da equipe de Manchester. Os fãs chegaram até a subir nas traves e tiraram fotos no campo.

As manifestações contra Joel e Avram Glazer são antigas e ocorrem desde a década passada. Os torcedores reprovaram a maneira como a família vem administrando o clube inglês. Eles herdaram a propriedade do United de seu pai, Malcom, empresário norte-americano que comprou ações de outros empresários no começo do século.

Os irmãos adotaram medidas que irritaram a torcida, especialmente a abertura do capital do Manchester United na bolsa de Nova York. Dessa maneira, viraram rotina nas arquibancadas do Old Trafford protestos com faixas que pedem a saída dos Glazer do comando do clube.

As manifestações haviam esfriado com a eclosão da pandemia de covid-19 desde o início do ano passado. No entanto, o envolvimento do United no projeto fracassado da Superliga Europeia foi determinante para a torcida voltar a expressar seu descontentamento com a gestão atual do clube.

Neste domingo, o Manchester United recebe o Liverpool em duelo da 34ª rodada do Campeonato Inglês. Se o time do técnico Ole Gunnar Solskjaer não vencer a partida, o Manchester City vai comemorar o título antecipadamente.

Últimas