Ex-goleiro Jairo, ídolo de Corinthians e Coritiba, morre vítima de câncer

O ex-jogador estava internado desde dezembro e tratava um câncer no rim. Ele foi campeão paulista em 1977, no Timão, e ídolo no Coritiba 

Jairo foi goleiro do Corinthians no título do Paulista de 1977

Jairo foi goleiro do Corinthians no título do Paulista de 1977

Estadão Conteúdo - 9.10.1977

O ex-goleiro Jairo Nascimento morreu nesta quarta-feira (6), aos 72 anos, na cidade de Curitiba, em decorrência de um câncer no rim. O Pantera Negra, como era conhecido, foi ídolo no Corinthians e no Coritiba.

O ex-jogador estava internado desde 23 de janeiro no Hospital Erasto Gaertner, de Curitiba. Ele estava em tratamento contra o câncer desde o fim do ano passado, quando descobriu a doença. 

Para ajudar com os custos do tratamento, o filho do ex-goleiro chegou a fazer uma vaquinha na internet, que contou com o apoio de jogadores e torcedores.  

No Corinthians, ele foi campeão Paulista de 1977, quando o time acabou com uma fila de 23 anos sem conquistas. Jairo foi titular na segunda partida, quando a Timão perdeu da Ponte Preta por 2 a 1. Ele jogou 190 jogos no time paulista e sofreu 146 gols.

O ex-goleiro é um dos grandes ídolos do Coritiba e é o jogador que mais vezes vestiu a camisa do time paranaense. Foram 410 partidas nas décadas de 1970 e 1980. Lá, ele ganhou o Brasileiro de 1985; seis campeonatos Paranaenses e o Torneio do Povo, em 1973. 

Corinthians, Coritiba e Paraná Clube postaram uma homenagem ao jogador nas redes sociais. 

Jairo chegou a jogar na seleção brasileira, quando atuava no Coritiba. Ele também defendeu Náutico, Caxias-SC, Fluminense e América-MG.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.