Futebol Entenda por que nova geração de jogadores tem corpo de atletas formados, apesar da pouca idade

Entenda por que nova geração de jogadores tem corpo de atletas formados, apesar da pouca idade

Aos 17 anos, Endrick chegou a ter a idade questionada por um ex-olheiro do Real Madrid, por ter um porte físico forte e avançado

  • Futebol | Isabella Pugliese Vellani*, do R7

Ex-olheiro do Real Madrid duvidou da idade de Endrick pelo porte físico

Ex-olheiro do Real Madrid duvidou da idade de Endrick pelo porte físico

Montagem R7 - Reprodução/ Santos e Staff Images / CBF

Se for comparado o corpo de Endrick, de 17 anos, com o de Neymar quando o craque tinha a mesma idade, pode-se pensar que a joia do Palmeiras é mais velho do que ele aparenta ser. Isso porque, apesar da pouca idade, o atacante possui um físico desenvolvido, como o de atletas veteranos. 

Em entrevista ao R7, o médico Sergio Xavier, especialista em ortopedia e traumatologia esportiva do Hcor, explica que o aumento da massa muscular percebido na nova geração de jogadores de futebol é reflexo de um maior cuidado para com os atletas.

"O que evoluiu foi a formação dos profissionais envolvidos no cuidado do atleta. Começa com a boa formação dos preparadores físicos, nutricionistas, e o conceito de que o acompanhamento dos atletas é multidisciplinar. Antigamente, era algo empírico. Bons cuidados de saúde e uma equipe multidisciplinar com boa formação são fundamentais", conta.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

A tecnologia é outra aliada para um melhor desenvolvimento dos atletas. Nos últimos anos, atletas utilizam dispositivos que monitoram a velocidade, consumo de oxigênio e a energia desprendida durante as atividades.

Com tantas ferramentas, o corpo pode evoluir e alcançar resultados ainda melhores, já que não existem limites do bom treinamento. As melhoras podem ser percebidas na velocidade atingida pelos jogadores, que aos poucos aumenta, e nas marcas superadas em eventos esportivos.

"O doping não deve ser usado nunca, ele é banido de todos os esportes. A tendência é que, com o bom treinamento e alimentação, não seja mais necessário utilizar métodos artificiais, que infelizmente são usados apesar dos efeitos gravíssimos", complementa.

Além de Endrick, Vitor Roque, do Athletico-PR, Marcos Leonardo, do Santos, e Jude Bellingham, do Real Madrid-ESP, possuem um físico robusto, apesar da pouca idade.

* Sob a supervisão de Carla Canteras

Conheça Estevão, joia do Palmeiras e da seleção que pode se tornar mais cara que o amigo Endrick

Últimas