Futebol Endrick entra pra história do Palmeiras na virada sobre o Athletico-PR

Endrick entra pra história do Palmeiras na virada sobre o Athletico-PR

Verdão ainda contou com gol de Gustavo Gómez  para vencer fora de casa; atacante vira o mais jovem a marcar pelo clube

  • Futebol | Do Live Futebol BR

O Palmeiras entrou na Arena da Baixada sabendo que enfrentaria um Athletico-PR reserva por causa da final da Libertadores. Mesmo assim, o Verdão só dominou as ações na etapa final e contou com o brilho de Endrick, que entrou e marcou dois gols para se tornar o mais jovem da história a balançar às redes com essa camisa, na vitória de virada na noite desta terça-feira (25), em Curitiba, por 3 a 1, pela 34ª rodada do Brasileirão.

Com o resultado, o Alviverde chega a 74 pontos, disparado na liderança. E podendo ser campeã nesta quarta-feira (26), em caso de tropeços de Corinthians e Internacional, diante dos seus adversários. Alviverde ainda teve os gol de Gustavo Gómez. Matheus Felipe havia aberto o placar para os rubro-negros em um lindo chute. Houve, também, a expulsão de Cuello, por reclamação com a arbitragem.

Sem contar que o Verdão segue invicto como visitante nesta edição do Campeonato Brasileiro. Agora são 17 partidas, com 10 vitórias e sete empates nesta caminhada.

Endrick comemora o primeiro gol marcado no profissional do Palmeiras

Endrick comemora o primeiro gol marcado no profissional do Palmeiras

GABRIEL MACHADO/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO 25.10.22

FOCOS DIFERENTES
As equipes de Palmeiras e Athletico-PR vão se preparar para a próximo jogo com focos diferentes. Enquanto o Verdão está a um passo do título nacional e pega o Fortaleza, na próxima quarta-feira (2), no Allianz Parque, pela 34ª rodada, os paranaenses vão em busca da taça inédita da Libertadores. O Furacão vai duelar com o Flamengo, neste sábado (29), às 17h, em Guayaquil, no Equador, em final única, pela maior competição do continente.

ENDRICK BRILHA MUITO
O Verdão teve um controle da partida em termos de posse de bola, mas pouco finalizou durante o confronto. Anderson, revelado pelo Palmeiras e goleiro reservas do Furacão, não fez grandes defesas durante a etapa inicial, que teve poucas oportunidades.

A equipe palmeirense apresentava uma evolução e parecia que tomaria conta do jogo quando levou um gol do zagueiro Matheus Felipe, do Athletico-PR. Aos 30, depois de começar um contra-ataque, Nico Hernández tocou para o companheiro, que avançou sem marcação e acertou um chutaço, de fora da área, no ângulo de Weverton e saiu para comemorar com os presentes na despedida dos paranenses visando o duelo no Equador.

Já na etapa final, o Alviverde fez mudanças para fortalecer sua parte ofensiva em busca da virada e as Crias da Academia Gabriel Menino e Endrick entraram. A joia palmeirense decidiu ser protagonista e decidiu o duelo para em favor dos palmeirenses. Primeiro, tomou a bola e finalizou junto com Gustavo Scarpa aos 14' para empatar o confronto e se tornar o atleta mais jovem a marcar com a camisa da instituição, superando ex-atacante e ídolor, Heitor.

Endrick e Gustavo Scarpa 'dividiram' bola no empate do Palmeiras

Endrick e Gustavo Scarpa 'dividiram' bola no empate do Palmeiras

Reprodução

Em decorrência deste gol, o atacante adversário, Cuello, acabou sendo expulso por reclamação, deixando o Furacão com um a menos. A equipe de Abel Ferreira começou a dominar o embate e aos 24', mais uma vez Endrick brilhou. Após cruzamento de Rony, o camisa 16 cabeceou forte para as redes.

Ainda deu tempo para Gustavo Gómez, aos 30', marcar de cabeça após escanteio de Scarpa, fazendo o Verdão chegar aos 74 pontos e depender dos tropeços de Corinthians e Internacional, para ser campeão na quarta-feira (26).

Arte/R7

FICHA TÉCNICA
Athletico-PR 1 x 3 Palmeiras
Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data e hora: terça-feira (25), às 21h45
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC) e Alex dos Santos (SC)
Quarto árbitro: Leonardo Ferreira Lima (RJ)
VAR: Rodrigo D Alonso Ferreira (SC)
Cartões amarelos: Rômulo, aos 8' 1º/T, Felipão, técnico, aos 14' 1º/T, Bryan García, aos 2' 2º/T, Pablo, aos 9' 2º/T (Athletico-PR); Gustavo Gómez, aos 10' 1º/T, Murilo, aos 7' 2º/T, Gustavo Garcia, aos 25' 2º/T e Piquerez, aos 44' 2º/T (Palmeiras)
Cartão vermelho: Cuello, aos 16' 2º/T (Athletico-PR)

Gols: Matheus Felipe, aos 30' 1º/T (Athletico-PR); Endrick, aos 14' e 24' 2º/T e Gustavo Gómez, aos 30' 2º/T (Palmeiras)

ATHLETICO-PR: Anderson; Orejuela, Matheus Felipe, Nico Hernández (Pedro Henrique) e Pedrinho; Hugo Moura (Erick), Bryan García (Matheus Fernandes) e Léo Cittadini; Vitor Bueno (Vitinho), Vitor Roque (Cuello (expulso)) e Rômulo. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

PALMEIRAS: Weverton; Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Marcos Rocha, Danilo (Gabriel Menino), Zé Rafael, Mayke (Endrick) e Gustavo Scarpa (Atuesta); Dudu (Bruno Tabata) e Rony (Breno Lopes). Técnico: Abel Ferreira.

Trio Messi, Mbappé e Neymar brilha e comanda goleada do PSG na Champions; veja resultados

Últimas